Mi bebé y yo

Sintomas de gravidez: como saber se está grávida

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Está a pesquisar por “sinais de gravidez” e quer saber quais são os primeiros sintomas de gravidez? Neste artigo vamos explicar-lhe quais são os sintomas de gravidez mais frequentes para que possa saber se está grávida ou não.

Como saber se estou grávida? Os primeiros sintomas de gravidez são muito importantes para lhe dar pistas para saber se está grávida  quando tem algumas suspeitas e o teste de gravidez ainda não o confirmou. Se quer descobrir o quanto antes se ficou grávida, tome atenção a estes primeiros sintomas de gravidez.

(Também lhe interessa: Tudo sobre os sinais e sintomas de gravidez)

Sintomas de gravidez mais frequentes

  1. Atraso na menstruação. Se o seu ciclo é regular e de repente se atrasa, deve ficar alerta. Pode ser um simples atraso sem importância, mas também poderá ser o primeiro sintoma de gravidez.

  2. Mudanças hormonais, que se podem apresentar das mais diversas maneiras, desde alterações de humor a manchas nas axilas, por exemplo.

  3. Pequenas perdas de sangue. Algumas mulheres têm pequenas perdas de sangue pela vagina cerca de doze dias após terem concebido. É uma quantidade muito pequena e não dura mais de dois dias. Não se sabe exatamente qual o motivo desta perda de sangue, mas poderia ser devida à implantação do óvulo fertilizado no interior do útero. Se lhe acontecer deverá consultar o ginecologista.

  4. Vontade de urinar com frequência. A partir das seis semanas de gravidez pode começar a sentir vontade de urinar com mais frequência. Também é um dos sintomas de gravidez mais frequentes. O principal motivo é porque durante a gestação aumenta a quantidade de sangue e líquidos no corpo e os rins trabalham mais.

  5. Inchaço abdominal. Outro dos sintomas de gravidez são as alterações hormonais que têm lugar no início da gravidez e podem fazer com que se sinta inchada, de um modo semelhante ao dos dias que antecedem a chegada do período.

  6. Tensão e dor mamária. As mamas podem inchar, aumentar de tamanho e mostrar uma especial sensibilidade por causa do aumento de progesterona e de estrogénios. Este sintoma de gravidez manifesta-se poucos dias depois da conceção. No entanto, o inchaço dos peitos pode ser um sintoma da menstruação que esteja a chegar em vez de ser um sinal de gravidez.

  7. Enjoos e vómitos. Na maioria dos casos, os enjoos da gravidez não começam até um mês após ter concebido, embora os possa sentir antes. Os enjoos e vómitos típicos da gravidez podem acontecer a qualquer hora do dia e são um claro sintoma de gravidez.

  8. Aversão a alguns cheiros e sabores. Ao ficar grávida pode acontecer que certos cheiros lhe causem repulsa e até que provoquem náuseas. Tal pode ser devido ao rápido aumento dos níveis de estrogénio no organismo. O mesmo pode acontecer com a comida: coisas que antes adorava e que agora a agoniam. Também se pode produzir uma alteração da perceção dos sabores e uma abundante salivação. Estes sintomas de gravidez manifestam-se normalmente entre a segunda e a oitava semana após a conceção.

  9. Cansaço e sonolência. No início da gravidez costuma produzir-se um cansaço que, possivelmente, é devido a um aumento dos níveis da hormona progesterona. Durante o segundo trimestre de gravidez recupera-se a energia e perto do final da gestação volta a aparecer o cansaço.

  10. Aumento da temperatura corporal. Embora esta alteração se possa dever a uma constipação ou a outros transtornos desse tipo.

  11. Obstipação. A elevada concentração de progesterona, responsável pelo relaxamento do tónus muscular causa também uma desaceleração na atividade do intestino. Por este motivo pode surgir a obstipação, outro dos sintomas de gravidez mais frequentes. Para a combater, é aconselhável beber muito, comer uma boa quantidade de fruta e verdura e fazer algum movimento: até os passeios simples e regulares podem bastar para estimular a atividade intestinal.

Quando e como fazer o teste de gravidez

Para além dos sintomas de gravidez, para ter uma confirmação fidedigna do estado de graça, é necessário fazer um teste de gravidez. Os testes, que se podem comprar na farmácia, contêm um agente que se tinge de azul ou rosa ao entrar em contacto com a hormona hCG, a gonadotrofina coriónica humana, presente na urina da mulher. Estas análises são eficazes duas semanas depois da conceção mas, para reduzir o risco de falsos negativos, é aconselhável esperar uma semana de atraso da menstruação antes de comprar o produto e fazer o teste. No mercado também existem testes mais avançados que indicam, inclusivamente, de quantas semanas a mulher está grávida.

No caso de o resultado não ser claro pode recorrer-se a análises de sangue da beta hCG que permitem medir a concentração de gonadotrofina coriónica humana do organismo materno, ou, mais bem dito, de uma das suas frações, a beta. A análise de sangue, repetida duas ou mais vezes no curso das primeiras semanas da gravidez, também permite avaliar o aumento da concentração da hormona e verificar se a gravidez está a avançar corretamente.

 

Também lhe interessa

Sintomas de gravidez: como saber se está grávida | O meu bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)