scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo
Doenças
Doenças

Esquisar doenças por inicial

a b c d e f g h i l m n o p q r s t u v

Pneumonia infantil: sintomas, diagnóstico e tratamento

A pneumonia infantil é uma inflamação aguda dos pulmões, que se inicia com um episódio prévio de catarro. Quais são os sintomas de pneumonia? Como se diagnostica? Qual o tratamento a seguir? Resolvemos todas as suas dúvidas.

A pneumonia é uma infeção nos pulmões, também conhecida como infeção do trato respiratório inferior, uma vez que se dá na parte mais profunda dos pulmões. Trata-se, pois, de uma inflamação aguda dos pulmões que costuma ser causada por um vírus, ainda que, em certos casos, também possa ser causada por bactérias. 

Normalmente, a pneumonia viral infantil surge após uma constipação associada a rinite, febre ou febrícula. Podemos dizer que se trata da complicação de um quadro de catarro que afeta as vias respiratórias inferiores, provocando dificuldades respiratórias na criança. A pneumonia bacteriana infantil, pelo contrário, caracteriza-se por um início repentino com febre, dificuldade em respirar e dores torácicas.

Sintomas

Na criança, os sintomas da pneumonia, seja de origem viral ou bacteriana, podem variar muito e ser difíceis de detetar, já que são parecidos com os da constipação e de outros sintomas do trato respiratório superior. Por este motivo, perante a mínima suspeita de pneumonia deve recorrer de imediato ao pediatra, que determinará se assim o é.

Os principais sintomas de pneumonia infantil são:

- Febre alta

- Tosse

- Respiração acelerada

- Dificuldade em respirar

- Ruídos crepitantes no pulmão

- Perda de apetite

- Vómitos devidos à tosse ou por engolir mucosidades

- Sensação geral de mal-estar

- Dor de barriga

Como se diagnostica e qual é o tratamento

Se o pediatra suspeitar de um quadro de pneumonia na criança, pedirá uma radiografia ao tórax e algumas análises de sangue, a fim de poder diagnosticar corretamente a doença. Uma vez diagnosticada a pneumonia, o pediatra considerará vários fatores antes de determinar o melhor tratamento. Geralmente, a criança pode ser tratada em casa, se bem que, em certos casos, se o seu estado for mais grave, possa ser necessário o internamento. Se for uma pneumonia viral, não irá precisar de tratamento com antibióticos, se é de origem bacteriana, aí sim, serão prescritos.

(Também lhe interessa: Bronquite infantil: o que deve saber)

Cuidados a ter com a criança em casa

- Se o pediatra prescreveu antibióticos à criança, deve fazer o tratamento até ao fim, mesmo que já se sinta melhor. É muito importante não interferir no tratamento à base de antibióticos, já que poderia reaparecer a infeção.

- Para a febre, provavelmente o pediatra irá administrar o medicamento que considere oportuno. Não deve medicar o seu filho. Devem sempre ser respeitadas as indicações do médico.

- A criança deve estar sempre bem hidratada, bebendo grandes quantidades de água, e bem alimentada.

- A criança deve ser sempre protegida de fumo e outros ambientes que irritem os pulmões.

- A tosse da criança pode piorar, antes de começar a recuperação. Isto acontece porque é a tosse que expulsa as mucosidades. Possivelmente, a tosse ainda se prolongará durante algumas semanas.

(Também lhe interessa: Doenças de crianças)




Também lhe interessa

Pneumonia infantil: sintomas, diagnóstico e tratamento | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro