Mi bebé y yo

Ter a menstruação atrasada significa que está grávida?

( 2 votos) load

Não lhe veio o período e desconfia que pode estar grávida? Um atraso na menstruação nem sempre é sinal de gravidez. Vamos explicar quais são as causas mais frequentes para a menstruação atrasada. 

Ante uma menstruação atrasada, o mais habitual é que se questione sobre se estará grávida. A menstruação atrasada é o primeiro sintoma da gravidez. No entanto, um atraso do período nem sempre significa gravidez, já que esse atraso pode dever-se a muitos outros fatores. O ciclo menstrual da mulher é afetado por inúmeras causas externas, que o podem alterar; por exemplo, nervos, stress ou ansiedade.

Causas mais comuns para um atraso no período

Uma gravidez

A gravidez é a causa mais comum para a ausência da menstruação e, por isso, caso tenha mantido relações sexuais sem proteção e não lhe vier o período, isso pode de facto dever-se a uma gravidez. Normalmente, o seu corpo dá-lhe pistas sobre se esta ausência é devida a uma gravidez: a quantidade do fluxo vaginal aumenta e tem uma consistência coalhada ou elástica, e pode ocorrer um sangramento entre períodos ou um sangramento de implantação, já que, quando o óvulo é fecundado, solta-se uma pequena quantidade de sangue que pode manchar o fluxo. No entanto, este facto pode resultar de outros motivos. Perante a dúvida, pode optar por fazer um teste caseiro de gravidez, ou consultar o seu ginecologista.

(Também lhe interessa: Teste de gravidez: como e quando fazer)

Irregularidades de ciclo devido à idade

Os atrasos na menstruação são habituais em adolescentes e em mulheres com mais de 39 anos. No caso das adolescentes, o período menstrual pode desaparecer durante um mês e regressar com normalidade em seguida. No caso das mulheres com mais de 39 anos, o período pode encurtar, ou podem ocorrer fases anovulatórias, meses nos quais não se dá a ovulação. São sintomas prévios da menopausa. Se sofrer habitualmente de atrasos no ciclo menstrual, é aconselhável consultar um médico.

A síndrome dos ovários policísticos

A síndrome dos ovários policísticos deve-se a um desequilíbrio hormonal que pode causar amenorreia (ausência da menstruação), bem como períodos irregulares do ciclo menstrual. Também pode suceder o contrário e a pessoa afetada sofrer um sangramento excessivo, a metrorragia. Para além disso, esta síndrome pode ocasionar um crescimento anormal das pilosidades, o surgimento de acne, peso em excesso, ou diabetes. Para tratar a irregularidade dos ciclos é aconselhável recorrer ao médico.

(Também lhe interessa: Ovários policísticos: causas, sintomas e tratamentos)

O stress, os nervos e a ansiedade

O stress influencia a saúde, uma vez que se alteram as hormonas. Pode afetar diretamente o ciclo menstrual, causando um atraso se está a passar por uma fase de nervos, ansiedade ou stress. Uma das causas mais frequentes para o atraso do período dá-se quando a mulher teve relações sexuais e sente medo de ter engravidado, por não ter tomado precauções. A convicção de uma possível gravidez pode afetar o sistema nervoso, e, por conseguinte, provocar o atraso. Por outro lado, às vezes os sintomas de gravidez confundem-se com os sintomas prévios da chegada da menstruação: peito inchado, náuseas, dor de barriga e de cabeça, dificuldades para adormecer, e sonolência, entre outros.

O aleitamento materno

O aleitamento materno oferece muitos benefícios, já que é através dele que fornece ao seu bebé um alimento completo e muito nutritivo, que o vai ajudar a fortalecer o sistema imunológico. Porém, pode suceder que, durante o tempo em que dá de mamar ao seu bebé, o período se interrompa. Isto deve-se a um reajuste do seu organismo, após ter dado à luz. Também pode suceder que, durante o aleitamento, o período surja de repente. Perante qualquer dúvida, o melhor é sempre consultar o seu médico.

Distúrbios alimentares

Comer pouco ou fazer exercício de forma excessiva pode ser outro fator que provoque o atraso do período menstrual. De facto, mulheres que sofrem de distúrbios alimentares, como a anorexia ou a bulimia, costumam ter períodos irregulares, atrasos frequentes da menstruação e mesmo, em certas ocasiões, o seu desaparecimento. Trata-se de uma questão de sobrevivência: o organismo, debilitado, poupa recursos. Geralmente, quando o padrão alimentar volta ao normal e a mulher ganha algum peso, tudo se regula e o período volta a aparecer.

Problemas da tiroide

A tiroide é uma glândula que se situa na base do pescoço e que regula o metabolismo, interagindo com outros sistemas do corpo. Se sofre de um desequilíbrio da tiroide, como seja o hipotiroidismo ou o hipertiroidismo, isso afetará o seu ciclo menstrual e poderá causar atrasos no mesmo. Entre os sintomas relacionados com os problemas da tiroide, destacam-se: tremor nas mãos, aumento da transpiração, fadiga, problemas de sono, nervosismo, e dificuldade de concentração.

O teste de gravidez

Se acha que está grávida e nota sintomas de gravidez, para além da ausência do período, o melhor a fazer para tirar as dúvidas é realizar o teste de gravidez, de urina ou de sangue. O teste de gravidez caseiro, que pode ser comprado em qualquer farmácia, deteta a hormona da gravidez, a gonadotropina coriónica ou HGC, na urina.

Ao fazer este teste em sua casa, deve tomar em consideração que, no início da gravidez, os níveis desta hormona são muito baixos pelo que, se o teste for realizado demasiado cedo, é possível que não a detete. Também deve ter em conta que, ainda que os resultados sejam bastantes fiáveis, existe uma margem de erro pela qual os testes podem falhar, quer dando falsos positivos, quer falsos negativos. Se os sintomas a confundem, repita o teste mais adiante ou consulte o médico, que a orientará para uma análise de sangue ou uma ecografia.

(Também lhe interessa: Sintomas de gravidez: como saber se está grávida?)

Também lhe interessa

Menstruação atrasada: significa que está grávida? | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)