scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo
Doenças
Doenças

Esquisar doenças por inicial

a b c d e f g h i l m n o p q r s t u v

Infeção urinária na gravidez: causas, sintomas e tratamentos

facebook twitter whatsapp

As infeções da urina são muito comuns durante a gravidez e não devem ser subestimadas. Hoje damos-lhe toda a informação sobre as suas causas, sintomas e tratamentos mais eficazes.

Depois das infeções respiratórias, as de origem urinária, são o tipo de doença mais frequente na população portuguesa, e torna-se ainda mais provável padecê-la durante a gravidez. Trata-se de um problema que afeta mais mulheres que homens.

Segundo estudos elaborados por especialistas de urologia, ginecologia e medicina geral, uma em cada três mulheres terá, como mínimo, uma infeção urinária ao longo da sua vida. Esta doença verifica-se mais durante a gravidez, já que neste período a mulher é duplamente susceptível à infeção urinária. Perante isto, é necessário prestar especial atenção a este tipo de patologia, sobretudo pela possibilidade de provocar futuros problemas à mamã e ao bebé. Vejamos então em que consiste a infeção urinária, quais são os seus sintomas, e quais as recomendações que a podem ajudar a prevenir o seu aparecimento.

Sintomas da infeção urinária na gravidez

Quando o problema se produz na bexiga (cistite), os principais sintomas de infeção urinária, são:

- Sensação de ardor quando urina.

- Micção dolorosa (disúria).

- Necessidade frequente de urinar, ainda que a bexiga esteja vazia (polaquiúria).

- Dor na parte inferior da pélvis.

- Urina turva e com mau odor.

- Sangue ou pus na urina (hematúria).

(Também lhe interessa: Cistite na gravidez: como agir?)

Se a infeção urinária surge nos rins (pielonefrite), os sintomas característicos são:

- Calafrios e febre.

- Dor de costas.

- Vómitos, fadiga e fraqueza.

Perante qualquer um destes sintomas, é fundamental consultar um especialista o mais depressa possível. É ele quem deve diagnosticar de que tipo de infeção urinária se trata e determinar qual o tratamento mais conveniente.

Causas da infeção urinária na gravidez

- Ainda que sejam vários os microrganismos responsáveis pelas infeções urinárias; bactérias, fungos, parasitas e vírus, considera-se que em 80% dos casos, tanto a cistite como a pielonefrite são provocadas pela Escherichia coli, uma bactéria que habitualmente se instala no intestino.

- A infeção da urina é a complicação infeciosa mais habitual durante a gravidez. As mudanças anatómicas e fisiológicas sofridas pelas vias urinárias, durante a gestação, parecem ser os principais fatores de predisposição a este tipo de doença.

- O risco de padecer desta doença aumenta gradualmente ao longo dos nove meses. Não obstante, a incidência é muito maior nas gestantes com mais idade, nas mamãs pela primeira vez e nas mulheres que engravidam sucessivamente em curtos intervalos de tempo. E, sobretudo, nas pacientes que já padeceram de uma infeção deste tipo.

Tratamentos para a infeção urinária na gravidez

O tratamento adequado consiste na utilização de antibióticos, normalmente tomados durante 7 dias. No caso de infeções recorrentes, é possível que o especialista decida aplicar um tratamento de continuidade que pode ser prolongado, inclusive, até ao momento do parto. Nunca deve iniciar o tratamento sem consultar um especialista, já que a automedicação pode criar resistência bacteriana e complicar a infeção.

Para além do tratamento farmacológico, é importante ter em conta alguns conselhos sobre alimentação, tais como: aumentar o consumo de líquidos e evitar os pratos picantes. As medidas higiénicas são igualmente importantes; lavar e secar bem a zona genital após urinar.

Outros conselhos para tratar a infeção urinária:

- Beber dois litros de água diariamente (cerca de 8 ou 9 copos).

- Urinar com frequência; nunca reter o xixi.

- Utilizar roupa interior de algodão e evitar roupa sintética e demasiado justa.

- Limpar as zonas íntimas da frente para trás, os restos fecais não devem ter acesso à uretra.

- Não se sente durante muito tempo com um fato de banho molhado.

- Beba um copo de água antes do ato sexual e urine quando terminar.

- Consulte o médico perante o aparecimento dos primeiros sintomas.

(Também lhe interessa: Doenças na gravidez)




Também lhe interessa

Infeção urinária na gravidez: causas, sintomas e tratamentos Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro