Mi bebé y yo

TOOLS-ICON / Ovulation_calculator Created with Sketch. Calendário de ovulação

Queres saber quais são os teus dias férteis? Apresentamos-te a nossa calculadora de ovulação para que possas calcular melhor os dias nos quais poderás engravidar. No entanto, nenhum calendário de ovulação é 100% fidedigno: existem muitos fatores que influenciam o período de ovulação e, por conseguinte, a fecundação. Sendo assim, podes basear-te nesta calculadora de ovulação para predizer a melhor data para calcular os teus dias férteis. Calcula agora mesmo os teus dias férteis e cria o teu próprio calendário de fertilidade!

Calculadora de dias férteis
Primeiro dia da última menstruação:
1 Icons / arrow-down Created with Sketch.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Enero Icons / arrow-down Created with Sketch.
janeiro
fevereiro
março
abril
maio
junho
julho
agosto
setembro
outubro
novembro
dezembro
0 Icons / arrow-down Created with Sketch.
2020
2021
2022
Duração média do teu ciclo de ovulação:
28 Dias Icons / arrow-down Created with Sketch.
20 Dias
21 Dias
22 Dias
23 Dias
24 Dias
25 Dias
26 Dias
27 Dias
28 Dias
29 Dias
30 Dias
31 Dias
32 Dias
33 Dias
34 Dias
35 Dias
36 Dias
37 Dias
38 Dias
39 Dias
40 Dias

Estás a tentar engravidar? Queres ter um bebé e ficar grávida depressa? Aqui tens uma ferramenta que te vai ajudar a alcançar esse objetivo: o calendário de ovulação ou calendário de fertilidade. A natureza não é exata, mas a reprodução segue padrões identificáveis. Se os teus ciclos são regulares, será mais fácil calculares os teus dias férteis.

Quer queiras, ou não, ficar grávida, de certeza que te vai interessar saber os teus dias férteis. Se é assim, apresentamos-te a nossa calculadora de ovulação para que possas avaliar melhor as datas nas quais podes ficar grávida e para que faças o teu próprio calendário de ovulação.

grafico temperatura basal 10.54.24

Como funciona a Calculadora de Ovulação?

Para saberes de forma rápida os teus dias férteis só tens de colocar a data da tua última menstruação (FUR), selecionar a duração média do teu ciclo, quer dizer, quantos dias te dura o período e carregar no botão "Calcular". Em seguida, verás um calendário que te indicará os dias mais propícios para conceber um filho, ou seja, os dias mais férteis de acordo com a tua ovulação.

(Interessa-te: As posições sexuais mais adequadas para conceber)

Além disso, vamos mostrar-te uns ícones onde poderás clicar e aceder a informação mais especifica, exaustiva e com muitos conselhos sobre como conseguir ficar grávida. Para que não te escape nada, clica nos diferentes ícones para ver o que te espera em cada um dos dias!

(Interessa-te: TESTE: Quanto vai demorar até ficares grávida)

Calendário de fertilidade

Quando uma mulher está a tentar ficar grávida, ou a evitar que aconteça, o primeiro a fazer é conhecer o seu próprio corpo. Para isso é fundamental contar com um calendário de fertilidade, ou seja, conhecer os dias férteis, correspondentes à ovulação, em que pode ocorrer a conceção, caso tenha tido relações sexuais completas e sem proteção.

Em seguida, explicamos-te como podes saber quais são os teus dias mais propícios para ficares grávida. Mas, em primeiro lugar, pega num caderno e numa caneta e cria o teu próprio calendário de fertilidade. Anota os dias em que te aparece o período e a duração média do teu ciclo. Repete todos os meses até que se produza a conceção.

Anota também as tuas sensações e os sintomas de ovulação que vais experimentando a cada mês. Assim terás uma ideia muito mais clara de como funciona o teu corpo.

Já fizeste? Perfeito! Agora vamos-te explicar quis os sintomas que indicam quando está em ovulação. Esta informação, junta com o cálculo dos teus dias férteis na calculadora e o conhecimento do teu corpo e das tuas sensações vai-te dar a resposta. Saberás em que dias deves ter relações para conceber um filho!

(Interessa-te: Teste de ovulação, como funciona e quando fazer)

Formas de saber quais são os teus dias férteis

Os ciclos menstruais da mulher podem durar entre 24 e 35 dias, mas não são sempre regulares. Graças a isso, nalgumas ocasiões pode ser difícil dizer quando se está a ovular. Por isso, independentemente de quereres ser mãe, de evitares ter um bebé ou simplesmente teres curiosidade de calcular a tua ovulação, deves prestar atenção a três sinais principais:

(Interessa-te: Períodos irregulares: como saber se estou a ovular?)

mujer con calendario

O fluxo vaginal durante a ovulação

  • Em primeiro lugar, para poderes controlar os teus dias férteis e saber quando tens mais possibilidades de ficar grávida, é muito importante sabes quando estas em ovulação. Um dos sinais para o saber é o muco cervical ou fluxo vaginal, que aumenta no período de ovulação. O muco cervical ou fluxo vaginal é responsável por criar um ambiente adequado para que os espermatozoides se desloquem mais facilmente.
  • Deste modo, quando está a ovular, vais notar que o muco cervical tem uma textura mais viscosa do que o habitual, igual a uma clara de ovo. Esta textura facilita o deslocamento dos espermatozoides.

Dores abdominais, alteração de peso e transtorno do sono

  • Durante o processo de ovulação também poderás sentir dores abdominais que podem variar em intensidade. Além disso, no começo do ciclo menstrual é normal sentires-te pesada e com a barriga inflamada, inchaço que pode levar ao aumento de um quilo ou dois no peso da mulher.
  • Junto a estas sensações, também podem ocorrer alterações no sono devido às variações por que estão a passar as hormonas sexuais (a progesterona e os estrogénios) nesta etapa.

(Interessa-te: Como o ciclo menstrual afeta o teu peso?)

A Temperatura Basal Corporal (TBC)

  • Quando a mulher inicia o período menstrual a sua temperatura está mais baixa que o habitual, o que dá início à ovulação. Assim, o controle da temperatura basal corporal (TBC) também te pode ajudar a conhecer os teus dias férteis.
  • Para a medires podes usar um termómetro especial desenhado para o efeito e anotar diariamente a temperatura ao acordares. Três dias depois da ovulação, aproximadamente, aumenta o nível de progesterona ou hormona do corpo lúteo, responsável pelo aumento da temperatura corporal. Portanto, o período mais fértil da mulher tem lugar, justamente, antes e um pouco depois da ovulação.

pareja test concepcion

Sintomas pouco conhecidos da ovulação

O corpo indica-nos, através de varos sintomas, em que momento do ciclo menstrual nos encontramos. Os sintomas mais conhecidos e fáceis de identificar são os relacionados com a menstruação, que se associa ao momento de maior debilidade no mês, com dores e transtornos bastante acentuados em algumas mulheres.

No entanto, não devemos esquecer outros momentos relevantes do ciclo menstrual. A ovulação é o mais interessante para aquelas mulheres que querem ficar grávidas.

A ovulação também tem os seus sintomas que, tal como com o período, se notam mais em algumas mulheres. De tal forma que podem mesmo ser mais sentidos que os da própria menstruação: dores abdominais, hipersensibilidade mamária, mudanças de humor... Alguns dos sintomas da ovulação são muito familiares, mas outros são menos conhecidos.

Dor de cabeça

A dor de cabeça durante os dias da ovulação é bastante comum e, se a sua intensidade não for demasiado forte, não te deves preocupar. Nalgumas mulheres esta dor de cabeça vem acompanhada de náuseas devido às mudanças hormonais por que passa o organismo.

Se tens dores de cabeça todos os meses aconselhamos-te a que pegues num calendário e, se fores regular no teu ciclo menstrual, vejas se estás em fase de ovulação. Para ficares mais tranquila, podes sempre consultar um médico.

Dor de costas e de rins

As mudanças que se produzem no corpo durante a ovulação refletem-se nas costas e nos rins, motivo pelo qual é habitual ter pequenos espasmos na zona lombar baixa durante esse período. Estas dores podem ser acompanhadas por algumas queixas na zona dos rins, com uma sensação parecida a leves puxões.

Para aliviar a dor podes tomar um anti-inflamatório, embora não seja recomendado abusar deles. É preferível que optes por descansar mais, adotar uma boa postura no trabalho, utilizar calçado cómodo, etc. Como tratamentos naturais para fazer face à dor podes usar bolsas de água quente ou beber infusões.

Inchaço

Algo muito comum durante a ovulação é a sensação de inchaço devido à retenção de líquidos que te faz aumentar de peso e volume. Trata-se de um efeito passageiro, mas que pode ser bastante incómodo. Será o teu corpo que te irá dizer como deves atuar, pelo que é importante que aprendas a “ouvi-lo”. Possivelmente, durante estes dias vai-te apetecer mais descansar do que fazer exercício físico, algo que pode ser muito incómodo se te sentires inchada.

(Interessa-te: Inchaço abdominal: como o aliviar?)

Gases

Os gases são um sintoma claro e habitual da ovulação do qual pouco se fala e que está muito relacionado com o inchaço. Para aliviar o aumento de gases durante estes dias, que é algo muito doloroso e incómodo, podes fazer algumas alterações na tua alimentação, pondo de lado produtos eu potenciam os gases como os legumes ou a couve-flor. Os gases costumam ser acompanhados de dores de barriga que podem ser menorizadas descansando deitada e também usando uma bolsa de água quente.

(Interessa-te: Como escolher o sexo do bebé através das relações sexuais)