Doenças na gravidez

PESQUISAR DOENÇA

Uma das questões que mais preocupam as grávidas são os possíveis transtornos e doenças de que podem sofrer como futuras mamãs durante a gestação. Existem transtornos próprios da gravidez, isto é, fisiológicos (normais), que podem afectar muitas mamãs, ainda que não necessariamente a todas. Alguns exemplos destes transtornos típicos na gravidez são: os enjoos, o inchaço das pernas, o ardor no estômago, a dor nos peitos, nas costas ou na pubis, a ciática ou a infeção urinária.

Assim, durante a gravidez, pode-se sofrer de outros transtornos maiores, como a anemia, a diabetes gestacional ou a tensão alta na gravidez, ou inclusivamente outras doenças mais como pré eclampsia ou o desprendimento da placenta. Nestes casos, deve sempre acudir ao seu ginecologista ou a um serviço de urgência o mais rápido possível, na medida em que a uma intervenção rápida é fundamental. 

Queremos orientá-la durante a gravidez, aclarando os sintomas, as causas e as precauções que deve tomar antes da manifestação de qualquer transtorno ou aborrecimento durante os nove meses. 

Obviamente, toda a informação que encontrará nesta secção é orientativa e em nenhum caso substitui a visita e o diagnóstico médico, que deve sempre seguir à letra. 

Pesquisar doenças por inicial

a b c d e f g h i l m n o p q r s t u v

Cistite aguda: o que é e como tratar

A cistite aguda é uma infeção da bexiga que acontece de forma súbita. Trata-se da infeção urinária m...
LER MAIS

Coronavírus e gravidez: as perguntas das futuras mamãs

O alarme social gerado pelo Covid-19 é evidente. O que acontece se passamos por este período de isol...
LER MAIS

Edemas na gravidez: quando consultar o médico

Um dos incómodos mais frequentes da gravidez são os edemas, que se caracterizam por inchaço nas pern...
LER MAIS

Porque é que nota picadas na barriga durante a gravidez?

Durante a gravidez é normal sentir certas picadas leves na barriga que causam um certo desconforto à...
LER MAIS

Dor nos rins na gravidez: como tratar?

Está grávida e tem dores nos rins? Não sabe como aliviar as dores no fundo das costas? Fique tranqui...
LER MAIS

Ovários poliquísticos: causas, sintomas e tratamentos

Conhece a síndrome do ovário poliqístico? Ter ovários poliquísticos dificulta a gravidez? Causas, si...
LER MAIS

Lombalgia na gravidez: os conselhos da especialista

Está grávida e tem lombalgia? Quer conhecer os melhores tratamentos para aliviar esta dor durante a ...
LER MAIS

Refluxo gastroesofágico: como combater o ardor de estômago ou a azia

Mau sabor na boca, salivação abundante e uma sensação de ardor na garganta, no esófago e no estômago...
LER MAIS

Doença de Crohn e gravidez: o que deve saber

A doença de Crohn e a colite ulcerosa, quando geridas da forma correta, não são incompatíveis com o ...
LER MAIS

Doença celíaca durante a gravidez: como afeta o bebé?

A intolerância ao glúten implica riscos específicos para a futura mãe e o futuro bebé? Há algum modo...
LER MAIS

Uma das questões que mais preocupam as grávidas são os possíveis transtornos e doenças de que podem sofrer como futuras mamãs durante a gestação. Existem transtornos próprios da gravidez, isto é, fisiológicos (normais), que podem afectar muitas mamãs, ainda que não necessariamente a todas. Alguns exemplos destes transtornos típicos na gravidez são: os enjoos, o inchaço das pernas, o ardor no estômago, a dor nos peitos, nas costas ou na pubis, a ciática ou a infeção urinária.

Assim, durante a gravidez, pode-se sofrer de outros transtornos maiores, como a anemia, a diabetes gestacional ou a tensão alta na gravidez, ou inclusivamente outras doenças mais como pré eclampsia ou o desprendimento da placenta. Nestes casos, deve sempre acudir ao seu ginecologista ou a um serviço de urgência o mais rápido possível, na medida em que a uma intervenção rápida é fundamental. 

Queremos orientá-la durante a gravidez, aclarando os sintomas, as causas e as precauções que deve tomar antes da manifestação de qualquer transtorno ou aborrecimento durante os nove meses. 

Obviamente, toda a informação que encontrará nesta secção é orientativa e em nenhum caso substitui a visita e o diagnóstico médico, que deve sempre seguir à letra.