Mi bebé y yo

Como aliviar a comichão na gravidez?

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Sente desconforto e uma comichão contínua na pele, especialmente na barriga, durante a gravidez? A comichão na gravidez é muito habitual nas futuras mamãs. Explicamos-lhe as suas causas e o que pode fazer para a aliviar.

A comichão na gravidez, ou seja, o prurido que as grávidas experimentam na pele, especialmente na zona da barriga e dos seios, é tão habitual que afeta praticamente a totalidade das futuras mamãs.

(Também lhe interessa: Axilas escuras na gravidez)

A que se deve a comichão durante a gravidez?

A comichão na gravidez deve-se, principalmente, ao considerável e rápido esticão que a pele do abdómen e dos seios sofre devido ao aumento de tamanho e volume da barriga da futura mamã.

Não obstante, existem fatores adicionais que podem acentuar esta sensação de comichão na pele como, por exemplo, as mudanças hormonais, em particular o aumento da hormona estrogénio.

Em geral, o prurido costuma desaparecer depois do parto, quando a organização hormonal recupera a normalidade. Neste caso, a grávida pode sentir comichão noutras zonas do corpo, como nas palmas das mãos e nas plantas dos pés.

Por fim, se a futura mamã sofria de problemas de prurido na pele antes da gravidez, tendo dermatite atópica ou eczema, ou até algum tipo de urticária, a gravidez pode ser um período de acentuação da comichão, devido à maior sensibilização da pele característica da gestação.

Porque é que se tem comichão na pele durante a gravidez?

Normalmente as erupções que provocam a comichão na gravidez manifestam-se na zona da barriga, nas zonas onde se formam as estrias ou à sua volta e também se podem alargar às coxas, às nádegas e aos braços. Embora a sensação de prurido e a consequente vermelhidão sejam totalmente benignos e não causem nenhum problema quer à futura mamã, quer ao bebé que espera, o desconforto pode chegar a ser desesperante.

Colestase intra-hepática ou colestase da gravidez: uma possível causa da comichão

A comichão na gravidez também pode ser um sinal de uma insuficiente atividade do fígado, pois este parece não ser capaz de eliminar por completo as substâncias da bílis. Trata-se, sobretudo, de sais ou ácidos biliares que, quando estão presentes no sangue em concentrações mais elevadas do que o normal, criam esta sensação de comichão. Esta situação é muito pouco frequente e conhece-se como colestase obstétrica ou icterícia colestática da gravidez recorrente benigna. Produz-se no último trimestre, a partir das 32 semanas de gravidez, devido às mudanças hormonais próprias deste período e, mais concretamente, ao aumento de estrogénios e progesterona. Provavelmente, a predisposição genética também tem um papel importante no aparecimento desta condição.

Detetar a colestase não é difícil. Além deste sintoma típico, a doença pode ser diagnosticada através de uma simples análise de sangue. Em particular, deve verificar-se o valor das transaminases e dos ácidos biliares, que se pode encontrar aumentado em diversos graus.

Atualmente o tratamento consiste na administração de um fármaco (cujo princípio ativo é o ácido ursodesoxicólico) que se utiliza para os cálculos biliares e que ajuda o fígado a retomar a sua atividade normal. Em geral, para aliviar a dor, também se administram anti-histamínicos e, se os sintomas se tornarem insuportáveis, cortisona.

(Também lhe interessa: Complicações da gravidez: saúde e cuidados)

Remédios para aliviar a comichão durante a gravidez

Para acalmar a comichão na pele é aconselhável que a futura mamã:

Evite a água muito quente durante o duche ou banho, dado que seca a pele e pode piorar a comichão.

Utiliza um gel neutro e suave, nada agressivo. Ao sair do banho, o melhor é secar a pele sem esfregar e aplicar um creme hidratante suave, sem substâncias irritantes e sem perfume, na pele de todo o corpo.

Outro remédio "caseiro" é tomar um banho morno de aveia (à venda nas farmácias) de vez em quando, além de utilizar roupa que não seja demasiado apertada, de preferência confecionada com tecidos naturais, como o algodão e o linho.

Evite as horas de mais calor nas quais pode suar mais, o que também atua como irritante para a pele.

Também lhe interessa

Como aliviar a comichão na gravidez? | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)