scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo
Doenças
Doenças

Esquisar doenças por inicial

a b c d e f g h i l m n o p q r s t u v

Fimose na criança: o que há a saber

Numa criança com fimose, o prepúcio não consegue deslizar pela glande até a deixar a descoberto. O que fazer nestes casos? A cirurgia é sempre necessária? Puxar-lhe o prepúcio para descobrir a glande é um bom costume?

A fimose dá-se quando o prepúcio, a parte superior de pele que desliza e cobre a glande, na parte final do pénis, é demasiado estreito. Em caso de fimose, o prepúcio do menino não consegue deslizar pela glande até a deixar a descoberto. 

Em que consiste 

No recém-nascido, geralmente, e até aos três anos de idade, fala-se de fimose fisiológica: o prepúcio está colado à glande, mas permite que a criança faça xixi normalmente. Neste caso, o problema tende a desaparecer espontaneamente por volta dos 3-4 anos. Por isso, a fimose fisiológica não deve ser preocupante e, inclusive, é considerada como uma útil defesa para proteger o pénis da criança do perigo das infeções. No entanto, no caso de uma fimose propriamente dita, o prepúcio é tão estreito que não consegue retrair para destapar a glande o que, nalguns casos, é tão acentuado que impede a criança de urinar. 

O que fazer em caso de fimose 

- Antes dos quatro anos, intervir para eliminar as aderências, seria um erro já que, frequentemente, antes desta idade a fimose resolve-se sozinha. Entretanto, para evitar complicações, basta seguir algumas regras relacionadas com a higiene íntima do pequeno. Principalmente, para limpar o prepúcio e a glande, deve puxar para trás a pele do prepúcio, apenas até onde for possível, sem forçar. Tentar destapar a glande a qualquer preço, puxando o prepúcio para trás, não só é inútil, como também pode causar minúsculas lacerações locais que criariam um terreno muito favorável ao desenvolvimento de infeções.

- Eliminar as aderências só se torna necessário quando a fimose persiste para lá dos 5-6 anos, se o estreitamento é um obstáculo para a saída do xixi e torna problemático manter a zona limpa. Na maior parte dos casos, o descolamento é feito manualmente pelo pediatra. Só em casos raros, ou seja, em caso de uma autêntica fimose (quando o orifício do prepúcio é mais pequeno que o normal), se deve recorrer a uma intervenção cirúrgica. Trata-se, de qualquer forma, de uma operação simples e que apenas requer uma breve convalescença.

(Também lhe interessa: Enurese noturna infantil: o que é, causas e como ajudar a criança)

Quando deve dirigir-se ao pediatra

Deve procurar imediatamente o pediatra se:

- O estreitamento é de tal ordem que não permite a saída normal da urina, o jorro não é uniforme ou é muito fraco, ou demora muito a iniciar-se e é excessivamente lento.

- A criança tem cinco anos e não consegue destapar a glande.

As dúvidas mais comuns sobre a fimose na criança

 

Os pequenos quistos esbranquiçados, que podem surgir no extremo do pénis, são preocupantes?

Não. Chamam-se quistos de esmegma e são constituídos por pequenas acumulações de esmegma, a substância esbranquiçada que a pele do pénis produz para o manter limpo. Estes quistos podem desenvolver-se entre a glande e o prepúcio para formar uma espécie de proteção com a finalidade de impedir ou resolver a fimose.

É um bom hábito destapar a glande da criança?

Não, é melhor evitá-lo. Ao puxar a pele, provocam-se pequenas feridas que, ao curar-se, esticam ainda mais a pele e estreitam ainda mais a abertura.

Qual é a melhor idade para operar a criança?

Por razões do foro psicológico, hoje em dia, é-se mais a favor de uma intervenção precoce, logo no início da idade escolar. Esperar até à adolescência pode acarretar alguns problemas: ao atrasar a operação, a criança pode sentir-se diferente dos amigos da mesma idade; além disso, aumentaria a probabilidade de surgirem infeções locais no prepúcio (balanopostite).

(Também lhe interessa: Doenças de crianças)




Também lhe interessa

Fimose na criança: o que há a saber | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro