scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo
Doenças
Doenças

Esquisar doenças por inicial

a b c d e f g h i l m n o p q r s t u v

Dor ciática na gravidez: a que se deve e como aliviar a dor

facebook twitter whatsapp

A dor ciática é um problema que pode surgir na segunda metade da gravidez, quando o peso da barriga obriga a futura mãe a adotar posturas incorretas. Como pode preveni-la, tratá-la e aliviar a dor de pernas que causa?

A dor ciática durante a gravidez é uma dor que se manifesta com frequência na parte inferior das costas, de um dos lados, e que afeta até à metade do glúteo. Quando a ciática é bastante leve, a dor está localizada. Nos casos mais graves, contudo, a dor estende-se ao longo da perna e chega a afetar a curva do joelho, inclusive até ao calcanhar e ao pé. De facto, este é o percurso do nervo ciático, que parte da região lombar e se estende até às pernas.

Em que consiste a dor ciática 

- A dor ciática sente-se na perna que se utiliza mais: a direita, no caso das dextras, a esquerda, no caso das esquerdinas. O nervo ciático fica “apanhado” pela musculatura da pélvis, que, durante a gravidez, tem mais tendência a sofrer contraturas.

- O transtorno é mais frequente na segunda metade da gravidez, quando o peso e o tamanho do útero aumentam e a mãe tende a empurrar a pélvis para a frente, para se equilibrar melhor, adotando posturas que nem sempre são as mais indicadas.

- Há mulheres mais expostas do que outras: as que já tiveram este problema em gestações anteriores, ou também as que têm algum desvio da coluna, por exemplo, escoliose.

Como evitar que se manifeste outras vezes

 - Pode ser útil praticar exercícios que façam trabalhar a pélvis. Mais concretamente, na gravidez, estão indicados o streching, a natação e o yoga. Estas modalidades são muito positivas, entre outras, para aliviar a dor de pernas durante a gravidez.

- Na vida quotidiana, tanto em casa como no trabalho, convém evitar a posição sentada e “encaixada” (por exemplo, num sofá), bem como as posições fixas (tal como passar muitas horas frente ao computador) ou o uso de bancos. Quando a futura mãe se senta, é melhor que não cruze as pernas. Durante a noite, é preferível dormir sobre um colchão duro.

- Deve prestar especial atenção à escolha do calçado: devem evitar-se os sapatos de salto alto ou muito baixo (sabrinas e chinelos), que obrigam a coluna vertebral a adotar posturas demasiado desequilibradas. Pelo contrário, deve preferir sapatos de salto médio-baixo (3-5 cm), que se adaptam melhor à curvatura fisiológica das costas.

(Também lhe interessa: Reiki na gravidez para aliviar dores)

 Massagens e tratamentos para aliviar a dor 

- E se a dor já apareceu? Pode ser aliviada recorrendo a determinadas técnicas, como a osteopatia ou o shiatsu, ou, também, com massagens específicas, feitas com óleo de hipérico ou de zimbro. Um banho quente ou a aplicação de calor local também podem acalmar a dor. Desta forma, o músculo relaxa e comprime menos o nervo.

- Se a dor for muito forte, pode tomar suplementos à base de vitaminas do grupo B, que fortalecem os nervos, ou então à base de magnésio, de ação miorrelaxante. Nos casos mais agudos, pode-se recorrer a um anti-inflamatório, mas apenas sob prescrição médica.

- Por último, uma boa notícia: após o parto, uma vez eliminada a compressão devida ao peso da barriga, a ciática desaparece em pouco tempo, de forma espontânea.

(Também lhe interessa: Doenças na gravidez)




Também lhe interessa

Dor ciática na gravidez: a que se deve e como aliviar a dor Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro