Mi bebé y yo

Melatonina para dormir: sim ou não?

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

É bom dar medicamentos ao bebé para dormir? Já ouviu falar da administração de melatonina para ajudar a adormecer? Explicamos-lhe o que é e quais são os seus perigos e os efeitos secundários de dar ao bebé melatonina para dormir.

Segundo uma investigação levada a cabo pela Universidade de Adelaide (Austrália), existe uma evidência científica que demonstra que a administração da melatonina para dormir é eficaz para tratar os transtornos do sono, ou seja, para dormir bem. De facto, alguns médicos recomendam-na para tratar os transtornos graves do sono dos adultos, pois melhora o sono da mãe, por exemplo, bem como o cansaço devido à mudança de hora. No entanto, ainda são poucas as experiências realizadas no que diz respeito à administração de melatonina para adormecer as crianças. Muitos médicos e especialistas manifestaram-se contra o uso desta substância para fazer com que os bebés e crianças com problemas de sono possam adormecer sem dificuldades. Os especialistas recomendam tratar os transtornos do sono seguindo outros métodos. No caso das futuras mamãs, tomar qualquer tipo de medicamentos ou suplemento talvez não seja a melhor ideia, sendo preferível optar por fazer exercício durante a gravidez, a uma hora prudente da tarde, para chegar mais cansada ao final do dia.

Efeitos secundários de usar melatonina para dormir

A melatonina é uma hormona que o corpo produz na glândula pineal do cérebro, vinculada aos processos de descanso do corpo. A produção de melatonina depende da quantidade de luz que os nossos olhos recebem. Quando é de dia, segrega-se muito pouca, o que não evita, no entanto, a sesta das crianças até aos três ou quatro anos mas, quando escurece, o corpo segrega uma maior quantidade para se preparar para descansar. As pessoas que têm défice desta hormona tendem a padecer de insónias. Outros motivos que podem provocar dificuldades para adormecer nas crianças são as cãibras nalgumas zonas, que são frequentes durante o crescimento.

A administração de melatonina para tratar os transtornos do sono ajuda a adormecer, faz com que dure mais e melhora a sua qualidade. Não obstante, será que é bom administrar melatonina sintética às crianças para que adormeçam? A verdade é que a melatonina tem muito poucos efeitos secundários conhecidos em pessoas adultas. No entanto, em relação às crianças, não existem dados suficientes para afirmar que o seu consumo é seguro. Os estudos demonstraram que a melatonina sintética é segura a curto prazo, mas desconhecem-se os seus efeitos secundários a longo prazo. Por este motivo, não se recomenda a sua administração a bebés com menos de seis meses e aconselha-se a consultar o pediatra para o seu uso em crianças dos seis meses aos três anos.

De facto, a melatonina para dormir costuma administrar-se em crianças com grandes dificuldades para adormecer e não acordar durante a noite: crianças com diagnóstico de TDAH (Transtorno de Défice de Atenção e Hiperatividade) e crianças diagnosticadas com TEA (Transtornos do Espectro Autista). Para as restantes crianças, os especialistas afirmam que não é necessária a administração de melatonina e que, se as crianças têm dificuldades para adormecer, deve tratar-se este problema de outras maneiras: acostumando a criança a uma rotina diária de sono, seguindo um esquema horário fixo e tendo muita paciência na hora de deitar.

 

O que pensa sobre o uso de melatonina para adormecer o bebé? É partidária ou contrária à administração de medicamentos para que o bebé durma bem? Partilhe a sua opinião com outras mamãs no Fórum Salvamamãs.

(Também lhe interessa: Sono do bebé: toda a informação)

Também lhe interessa

Melatonina para dormir: sim ou não? | O meu bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)