Mi bebé y yo

Alimentos ricos em Ómega 3

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

O déficit de ácidos gordos Ómega 3 na alimentação da criança pode traduzir-se numa pior capacidade visual e mental. Para o evitar, deverá tentar fazer com que o seu filho consuma alimentos ricos em Ómega 3. Quais são? Tome nota!

Existe uma relação relevante entre alguns nutrientes e o desenvolvimento visual e cognitivo da criança. Neste sentido, é de vital importância a ingestão de alimentos ricos em ácidos gordos Ómega 3, imprescindíveis para o cérebro, pois constituem a sua nutrição e fazem parte da massa cerebral. Um déficit de Ómega 2 poderia derivar numa pior evolução visual e cognitiva da criança.

Os especialistas apontam dois grupos de risco no que diz respeito ao déficit de Ómega 3: as grávidase os lactentes. Segundo os especialistas, o consumo de alimentos ricos em Ómega 3 deve ser potenciado nestes casos, pois coincidem com o momento de desenvolvimento neuro-cognitivo do bebé. Assim, é fundamental que as mulheres grávidas consumam peixe azul rico em ácidos gordos Ómega 3 e que os bebés que não recebem leite materno complementem o aleitamento artificial com suplementos que tenham na sua composição ferro, zinco e ácidos gordos Ómega 3 (a consultar com o pediatra). Do mesmo modo, deve proteger-se as crianças com doenças metabólicas e os bebés prematuros, garantindo que recebem estes nutrientes.

(Também lhe interessa: Papas de frutas e verduras para bebés)

 

Quais os alimentos ricos em Ómega 3?

 

Omega3 salmão  Salmão

    Muito saboroso, o salmão é um peixe azul com uma elevada quantidade de proteínas de alto valor biológico, bem como um alto teor de ácidos gordos polinsaturados como o Ómega 3 .

    Além disso, o salmão é muito rico em vitaminas e minerais.

 

Omega3 cavala   Cavala

    De tamanho pequeno e também da família do peie azul, a cavala tem um agradável sabor que combina com muitos alimentos e que, além disso, é fácil de cozinhar.

 

 

Omega3 sardinhas   Sardinhas

    Também de tamanho pequeno, as sardinhas podem ser consumidas enlatas ou em conserva. São muito nutritivas, especialmente se se comerem inteiras.

 

 

Omega3 anchovas   Anchovas

    Secas ou em conserva, são muito saborosas, especialmente quando são acompanhadas de uma fatia de pão com azeite.

    As anchovas são ricas em cálcio, niacina (vitamina PP) e selénio.

 

Omega3 arenque   Arenque

    Trata-se de um peixe gordo de tamanho médio que costuma ser consumido fumado. É nutritivo e rico em Ómega 3.

 

 

Omega3 linhaça   Sementes de linhaça

    Estas sementes são um dos alimentos integrais com maior quantidade de ácidos gordos Ómega3.

    Pode consumi-los polvilhando-as em saladas, iogurtes, tostas, etc.

 

Omega3 chia   Sementes de chia

    Incrivelmente nutritivas, estas sementes contêm um alto teor de magnésio, cálcio e fósforo.

 

 

Omega3 nozes e amêndoas   Nozes e amêndoas

    Além do seu elevado teor de potássio, fósforo, ácido fólico, cálcio e vitaminas, as nozes e as amêndoas são muito ricas em fibra.

 

 

Omega3 soja   Grãos de soja

    São uma boa fonte de fibra e proteína vegetal e ricos em, além de Ómega 3, ácidos gordos Ómega 6.

 

 

Omega3 manteiga de amendoim   Manteiga de amendoim

    Utilizada como creme para substituir a manteiga nas torradas do pequeno almoço, a manteiga de amendoim contém 10,3 gramas de Ómega 3 por cada 100g.

 

 

Omega3 azeite   Azeite

    Também é muito rico em Ómega 3: 8,3 gramas por cada 100 gramas.

 

 

 

Também lhe interessa

Alimentos ricos em Ómega 3 | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)