Mi bebé y yo

Útero invertido e dificuldade para conceber

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Há quatro anos fiz uma cesariana. Pode o útero ter voltado ao seu lugar? É verdade que tendo o útero invertido a melhor posição depois de manter relações sexuais é de barriga para baixo? Não consigo ficar grávida. Por favor ajude-me. Os melhores cumprimentos.

 

Durante a cesariana não se realiza a intervenção de correção da inversão do útero. Esta intervenção provoca mais males do que benefícios e, por isso, desde há alguns anos, deixou de se fazer. Por outro lado, as posições que se adotam durante as relações sexuais não têm qualquer relação com a gravidez.

Diz-me que a ajude a ficar grávida, mas não me diz nem a sua idade (imprescindível para entender o potencial de fertilidade de uma mulher) nem o número de tentativas realizadas. Entenda que uma coisa é estar a tentar engravidar há anos, outra coisa é levar apenas alguns meses. A única coisa que posso acrescentar é que o útero retrovertido não tem qualquer relação com as dificuldades em engravidar. Em relação ao restante, aconselho-a a falar com o seu ginecologista para avaliar a possibilidade de fazer alguns exames.

Claudio brambilla min

Resposta do Dr. Claudio Ivan Brambilla

 

Causas da retroversão uterina

A retroversão uterina ou útero invertido acontece quando o útero da mulher se inclina para trás em vez de o fazer para a frente. Não obstante, esta retroversão ocorre sem ter sintomas, pelo que dificilmente a mulher se dá conta que tem esta condição.

Trata-se de algo mais frequente do que pode parecer, pois uma em cada cinco mulheres tem retroversão uterina. As suas causas são variadas: pode ser devida ao aumento do útero causado pela gravidez, ao debilitamento dos ligamentos pélvicos durante a menopausa, ter aderências na zona pélvica, padecer de uma infeção no útero, endometriose ou ter passado por uma cirurgia pélvica.

Exames e tratamento do útero em retroversão

Para determinar se padece de retroversão uterina, o médico deverá realizar um exame pélvico à paciente para ver claramente a posição do útero. Não obstante, há situações nas quais a posição invertida do útero pode ser confundida com uma massa pélvica, pelo que é possível que o médico tenha de realizar um exame retovaginal para fazer um diagnóstico diferencial. Também pode ser necessária a realização de uma ecografia.

Se se confirma o prognóstico e se padecer de uma retroversão do útero, saiba que na maioria dos casos não é necessário seguir um tratamento. Por outro lado, também não existe nenhuma maneira de prevenir este problema. No entanto, o tratamento precoce das infeções uterinas ou na endometriose pode reduzir as probabilidades de uma alteração na posição do útero.

(Também lhe interessa: Endometriose e gravidez: sintomas, causas e diagnóstico)

Também lhe interessa

Útero invertido e dificuldade para conceber | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)