Mi bebé y yo

Alimentos com glúten e sem glúten

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

O seu filho é celíaco? Neste artigo vamos oferecer-lhe uma lista completa de alimentos com glúten, que não pode dar ao seu filho, e de alimentos sem glúten, que dever considerar na altura de lhe preparar um prato.

A doença celíaca é uma intolerância permanente ao glúten, uma proteína presente nos cereais como o trigo, a cevada, o centeio, a aveia e os seus derivados. Pode aparecer ao introduzir o pão e os cereais na dieta da criança e pode detetar-se pelo facto de a criança deixar de comer e, por vezes, apresentar vómitos ou diarreia.

Por este motivo, é muito importante saber quais os alimentos que têm glúten e quais os que não o contêm. Neste artigo indicamos-lhe os alimentos com glúten, que não poderá incluir na dieta do seu filho, e aqueles sem glúten, que pode dar sem problemas. Tome nota!

Alimentos com glúten

  • Tal como dissemos, o glúten é uma proteína presente no trigo, na cevada, no centeio e no farro. Sendo assim, a dieta das crianças celíacas deve excluir todos os alimentos que contenham estes cereais, mesmo que numa quantidade mínima.

  • Além dos alimentos claramente vetados, como o pão, a pizza, as bolachas, os doces de forno e a massa obtida a partir destes cereais, é necessário ter cuidado com outros alimentos com glúten que parecem ter um risco menos evidente, como carne e peixe panados, molhos e batidos enriquecidos com farinha, almôndegas e hambúrgueres, enchidos, purés de carne ou peixe, pratos pré-cozinhados à base de carne ou peixe, cremes, pudins e sobremesas embaladas, sopas, verduras fritas em polmes, gelados, derivados de café e bebidas à base de leite, para citar os alimentos mais comuns que podem conter os cereais proibidos como aditivo.

Alimentos com glúten que não o parecem ter

  • O arroz, o milho e o trigo-sarraceno não contêm glúten e, por isso, podem ser consumidos por celíacos mas, em alguns casos, os alimentos à base destes cereais são contaminados por quantidades da dita proteína durante a fase de preparação, pelo que podem ser considerados alimentos com glúten.

  • Em caso de dúvida, a escolha mais segura é preferir alimentos que tenham na etiqueta o selo de “produto sem glúten”, sujeitos pela lei a rigorosos controlos. Hoje em dia encontram-se cada vez com mais frequência nos supermercados e, além disso, graças aos esforços das associações de celíacos, são também cada vez mais numerosos os restaurantes que oferecem ementas específicas para as pessoas com intolerância ao glúten.

Alimentos que não contêm glúten

  • O leite e os seus derivados: queijos, requeijão, nata e iogurtes naturais.

  • Todos os tipos de carnes frescas, congeladas e em conserva ao natural e presunto de qualidade.

  • Peixe fresco e congelado sem panar, marisco fresco, e peixe e marisco em conserva ao natural ou em óleo.

  • Ovos.

  • Vegetais, hortaliças e tubérculos.

  • Frutas.

  • Arroz, milho e tapioca, bem como os seus derivados.

  • Todo o tipo de legumes.

  • Açúcar e mel.

  • Azeite, óleos e manteiga.

  • Café em grão ou moído, infusões e refrescos.

  • Todos os tipos de vinhos e espumantes.

  • Frutos secos naturais e fritos (com ou sem sal).

  • Sal, vinagre de vinho, especiarias em rama e grão, e todas as naturais.

(Também lhe interessa: Dor de barriga nas crianças)

Também lhe interessa

Alimentos com glúten e sem glúten | O meu bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)