O meu bebé

Yoga para grávidas e gravidez: 10 posições proibidas

A prática de yoga para grávidas é muito benéfica para manter a flexibilidade muscular, aliviar tensões e trazer tranquilidade e calma. No entanto, nem todas as posições ou asanas são favoráveis nesta fase da vida. Toma nota das que são contraindicadas.

Fazer exercícios de yoga durante a gravidez é muito benéfico pois permite-te manter a musculatura flexível, o que é importantíssimo ao preparares-te para o parto, ajuda-te a aliviar o desconforto que possas sentir, como os enjoos, ou a dificuldade em respirar, e permite-te manter a tua mente mais serena e sossegada.

Asanas contraindicadas no yoga para grávidas

O mais recomendável e matriculares-te em aulas de yoga pré-natal, ou seja, o yoga para grávidas. No entanto, se não tens esta opção, podes matricular-te num centro de yoga convencional e o teu professor ou professora pode adaptar as posições ao teu estado.

Embora possa ser surpreendente, existem muitas posições ou asanas de yoga que se devem evitar durante a gravidez, pois podem ser contraproducentes

Entre as posições não aconselhadas durante a gravidez destacam-se as que implicam um esforço acrescido. Durante os nove meses de gestação, deve praticar-se yoga com suavidade e lentidão, adaptando as diferentes posições ao corpo da futura mamã sem o forçar ou magoar.

Em seguida mostramos-te os exercícios de yoga para grávidas que se devem evitar. Toma nota! 


Também lhe interessa…