Mi bebé y yo

A incrível história de Lina, a mãe mais jovem do mundo

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Lina Medina, uma menina peruana de cinco anos, tornou-se mundialmente conhecida em 1939 por ser a mamã mais jovem do mundo ao dar à luz numa idade tão precoce. Como foi possível? Contamos-lhe a sua incrível história!

Pode parecer inverosímil, mas a história de Lina Medina é real. Em finais dos anos 30, em pleno apogeu da Segunda Guerra Mundial, esta menina de cinco aninhos protagonizou as primeiras páginas dos jornais de todo o mundo ao ser a mamã mais jovem de todos os tempos. Como foi possível?

Lina nasceu em 1934 em Antacancha, uma das localidades mais pobres do Perú, onde vivia com os seus pais e os seus oito irmãos. Parecia levar uma vida muito comum até que um dia, quando a menina tinha apenas cinco anos, a sua barriga começou a crescer e as famílias da zona começaram a comentar que estava possuída pelo diabo. Preocupado, o seu pai levou-a a rituais de exorcismo, que, no entanto, não funcionaram.

Um diagnóstico surpreendente

O corpo de Lina continuava a experimentar mudanças, a mais preocupantes das quais era o crescimento da sua barriga. Perante esta situação, os pais da menina acabaram por viajar ao encontro do doutor Gerardo Lozada, que a consultou. O que o médico descobriu foi incrível: com apenas cinco anos Lina estava grávida de sete meses!

O caso de Lina era tão surpreendente que ela começou a ficar famosa em todo o país, onde circulavam rumores de que era imaculada como a Virgem Maria. Tal foi a transcendência do caso que o presidente do Perú na época, Óscar Benavides, emitiu uma lei para ter a custódia de Lina e do seu filho e prometeu-lhes uma pensão vitalícia de modo a protege-los das empresas e laboratórios que ofereciam dinheiro à criança para que fosse estudada.

A descoberta de um estranho transtorno

A 14 de Maio de 1939 Lina deu à luz por cesariana um menino que nasceu em perfeito estado, pesando 2,7 quilos e com 48 cm. O pequeno foi chamado de Gerardo em honra ao médico que tratou de Lina. Após o nascimento do bebé, deu-se início a uma investigação para averiguar quem era o pai. Paralelamente, fizeram-se vários estudos à menina para determinar como foi possível a sua gravidez numa idade tão precoce.

Segundo os relatórios da Academia Americana de Obstetrícia e Ginecologia da época, a menina sofria de um estranho transtorno que fez com que iniciasse a puberdade quando apenas tinha alguns meses de vida. Aos três meses já tinha pelos púbicos e antes de fazer os três anos tinha começado a menstruar. O que nunca se chegou a saber foi quem era o pai do seu bebé.

Criado pelos avós

Como Lina era demasiado pequena para ser mãe Gerardo foi criado pelos seus avós e cresceu a pensar que Lina era a sua irmã. Lutavam pelos brinquedos, faziam travessuras juntos, riam e saltavam como qualquer par de irmãos. Foi quando Lina fez 10 anos que os seus pais lhe contaram a verdade.

lina mulher mais jovem do mundo

Lina e o seu filho Gerardo, de quem tinha cinco anos de diferença, brincando juntos quando eram pequenos.

Lina nunca perdeu o contacto com o Dr. Lozada, que a ajudou a pagar os seus estudos e os de Gerardo. Já adulta, Lina até trabalhou como secretária na sua clínica. Aos 33 anos de idade Lina casou-se com Raúl Jurado, com quem teve um filho em 1972. Seis anos mais tarde o seu filho Gerardo morreu aos 40 anos de uma estranha doença na medula óssea.

Durante todos estes anos Lina tinha vivido no anonimato num dos subúrbios mais perigosos de Lima. Em 2002 o ginecologista José Sandoval foi a Antacancha, ressuscitou a história de Lina, escreveu-a num livro e foi ao Palácio de Gobierno para lembrar a dívida que deixou pendente o ex-presidente Benavides ao prometer a Lina e ao seu filho uma manutenção vitalícia que nunca lhes chegou a pagar.

lina mae mais jovem do mundo

Várias fotografias da vida de Lina: com o Dr. Lozada, junto ao seu filho no carrinho e com o seu filho já em adultos.

O que acha da surpreendente história de Lina? Queremos saber a sua opinião: partilhe-a com outras mamãs no final do artigo!

Também lhe interessa

A incrível história de Lina, a mãe mais jovem do mundo | O meu bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)