Mi bebé y yo

Um doppler fetal caseiro é útil?

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Muitas mamãs e papás querem ter um rigoroso controlo do estado de saúde do seu bebé durante a gravidez, daí que, frequentemente, compram um doppler fetal para ouvir os batimentos do coração do bebé. Não obstante, há que ter em consideração alguns aspetos no momento de interpretar e avaliar os resultados deste aparelho. Explicamos-lhe tudo!

Muitos enfermeiros e médicos não recomendam o uso de monitores fetais Doppler caseiros, e não por não ser seguro, mas sim porque, frequentemente, é muito difícil saber usá-los e interpretar os seus resultados de forma correta. Embora o doppler não tenha efeitos nocivos para a saúde do bebé, há que ter muita paciência e conhecimentos para procurar e encontrar os batimentos cardíacos do bebé e não entrar em pânico no caso de ouvir um som estranho ou desconhecido.

O que é um Doppler fetal caseiro?

Trata-se de um aparelho de bolso que funciona a bateria, e que se pode encomendar facilmente pela internet. Regra geral, os Dopplers fetais acessíveis ao público têm um altifalante interno e comandos manuais, bem como uma sonda que, ao ser coberta com um gel especial para ultrassons, permite que as ondas sonoras de alta frequência atravessem a pele e alcancem o bebé.

(Também lhe interessa: Exames e ecografias durante a gravidez)

Quando as sondas encontram algum movimento, como no caso do batimento do coração do bebé, refletem-no para o dispositivo e traduzem-no em forma de som. O aparelho, então, amplifica-o para que o possamos ouvir melhor.

Considerações a ter em conta se usar um Doppler fetal caseiro

Existem imensas opiniões acerca da utilidade do Doppler fetal. Muitos especialistas e pais estão contro o uso deste aparelho. Ainda assim, também existem os que consideram que é uma forma fácil e efetiva de verificar o estado de saúde do bebé durante a gestação.

A verdade é que, perante este dilema, não existe uma resposta afirmativa ou negativa. Tudo irá depender do que se fizer e do conhecimento que se tenha. O facto deste tipo de aparelhos captarem o som é, precisamente, o que causa dificuldades: qualquer movimento do interior do corpo, como o do ar nos intestinos ou, simplesmente, a circulação do sangue, também se irá traduzir em sons.

(Também lhe interessa: O que é a ecografia Doppler?)

Há que ter muitos conhecimentos para poder distinguir os batimentos do coração do bebé dos restantes ruídos, caso contrário não se interpreta corretamente o que se ouve. É muito fácil, por exemplo, confundir o som do sangue a circular pela placenta com o som do coração do bebé. Além disso, é provável que, mesmo no caso de conseguir identificar a frequência cardíaca do bebé, não consiga diferenciar anomalias ou defeitos congénitos.

A melhor opção costuma ser consultar regulamente o especialista para que lhe faça uma ecografia dopplercompleta e avalie o fluxo sanguíneo nas válvulas e nas cavidades do coração, analise as artérias do útero da mamã, observe as artérias umbilicais do feto e verifique tantas outras possíveis complicações da gravidez.

Se decidir usar um doppler fetal em casa, tenha em conta a dificuldade e conhecimento que tal implica e, mesmo assim, informe o seu médico da sua vontade de comprar o monitor. Ele mesmo vai poder dar-lhe informações valiosas sobre os preços que pode encontrar, quais as melhores marcas e como o deve usar para que a informação que recebe seja o mais fidedigna possível.

Por fim, tenha em conta que, até à data, não existe nenhum doppler fetal caseiro que nos permita ouvir o coração do bebé por volta das 8 semanasde gravidez. Os especialistas recomendam esperar, pelo menos, até às 13 semanas de gravidezpara ouvir esse coraçãozinho minúsculo do vosso já tão querido bebé.

(Também lhe interessa: Ecografia 4D: o que é e quando se realiza)

Também lhe interessa

Um doppler fetal caseiro é útil? | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)