Mi bebé y yo

Porque é que nota picadas na barriga durante a gravidez?

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Durante a gravidez é normal sentir certas picadas leves na barriga que causam um certo desconforto à futura mamã e que são difíceis de aliviar mesmo mudando de postura. Explicamos-lhe porque se produzem e como pode suavizar a dor.

O facto de levar um bebé no ventre, especialmente quando a gravidez vai avançando favoravelmente, exerce muita pressão nos músculos, ligamentos e veias que cobrem a barriga das mães. Por esta razão, em certos momentos ao longo do período de gestação, as futuras mamãs sentem cãibras e picadas na zona baixa da barriga.

Porque é que se produzem essas picadas na barriga?

À medida que o bebé vai crescendo e se desenvolvendo, os ligamentos vão-se esticando para suster o útero, o qual se vai deslocando ligeiramente para a direita. Por isso, no lado direito, a mamã pode sentir um maior desconforto, especialmente entre a 18ª semanae a 24ª semana de gravidez, já que é o momento em que o útero cresce e estica os ligamentos, alongamento que produz as ditas cãibras.

O aumento do tamanho do útero que se produz durante o período de gestação é tão relevante que também pode provocar leves contrações várias vezes pode dia, especialmente durante as relações sexuais. Se durante a gravidez se mantiverem relações sexuais e se se chegar ao orgasmo, é possível que se sintam cãibras e dores na zona baixa da barriga e das costas, especialmente no terceiro trimestre. Não obstante, este desconforto não é indicador de que o momento do parto se aproxima.

Esta dor na barriga não costuma ser preocupante pois, como já dissemos anteriormente, é completamente normal durante a gravidez. No entanto, se o desconforto persistir e as dores se tornarem bastante agudas, pode ser indicador de que alguma coisa não está bem no ventre da mamã, momento em que é preferível consultar o médico.

(Também lhe interessa: Estrias: causas, prevenção e tratamento)

Como aliviar as picadas na barriga durante a gravidez?

Para atenuar as cãibras que podem causar o alongamento dos ligamentos na barriga da mamã, é aconselhável sentar-se e descansar, tentando desligar de qualquer tarefa que esteja a realizar. Um banho morno também costuma acalmar, pois serve de alívio quando se produzem dores musculares. Do mesmo modo, aplicar uma bolsa de água quente sobre o ventre pode ajudar a suavizar o desconforto. E, se este for muito persistente, pode ser benéfico recostar-se sobre o lado contrário àquele que lhe dói e levantar as pernas.

(Também lhe interessa: Epidural no parto: benefícios e efeitos secundários)

Outras possíveis causas das picadas na barriga durante a gravidez

No entanto, apesar do aumento de tamanho do útero ser o principal motivo que leva a sentir picadas na barriga da futura mamã, também é possível que estas sejam um indicador de outros transtornos como os seguintes:

Picadas na barriga devido a gases

A acumulação de ar no estômago produz gases, que podem ser gerados por comer demasiado rápido, por intolerância a certos alimentos ou por outros problemas digestivos que fazem com que alguns alimentos não caiam bem e não sejam facilmente digeridos.

(Também lhe interessa: Gases na gravidez)

Picadas na barriga devidas a uma má digestão

Se ingeriu alimentos aos quais é intolerante ou que estavam em mau estado, é possível que a digestão destes seja mais lenta do que o habitual, o que, por sua vez, provoca picadas no ventre.

(Também lhe interessa: Azia ou refluxo na gravidez)

Picadas na barriga devido à obstipação

A digestão lenta de alguns alimentos e a difícil eliminação das fezes também podem produzir sintomas como a dor de barriga, a falta de apetite ou até as picadas na zona abdominal.

(Também lhe interessa: Prisão de ventre na gravidez)

Alguma vez sentiu picadas na barriga durante a sua gravidez? Como é que as conseguiu aliviar? Queremos saber o seu truque!

Também lhe interessa

Porque é que nota picadas na barriga durante a gravidez? Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)