Mi bebé y yo

Vulvovaginite ou infeção vaginal em meninas

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

A sua filha não para de se coçar na vagina? Sente ardor? Neste artigo damos-lhe algumas pistas para que possa averiguar se se trata de uma vulvovaginite ou de uma infeção vaginal. Tome nota!

Se a sua filha não para de se coçar na vagina, sente ardor e comichão, pode tratar-se de uma vulvovaginite. A vulvovaginite é a inflamação e irritação da vulva externa e /ou vagina interna. As causas da vulvovaginite podem ser muito variadas, pois a irritação pode ter sido causada por vários tipos de bactérias, fungos e vírus. Os sintomas podem ir desde um ardor desconfortável a vermelhidão, dor ao urinar ou secreção de corrimento vaginal. Explicamos de que se trata.

Sintomas da infeção vaginal

  • A inflamação da vagina produz dor, comichão e prurido nos genitais, além de perdas brancas ou amarelas esverdeadas. Por vezes estes sintomas acentuam-se quando a menina urina.
  • As meninas pequenas que ainda não falam coçam-se, ficam irritáveis, demonstram dor quando evacuam e comichão quando urinam.
  • Por vezes têm disúria, ou seja, emissão difícil e irregular de urina; ou também polaquiuria, a urgente necessidade de urinar frequentemente e, inclusivamente, enurese, a perda involuntária de urina, ou vermelhidão da vulva.

(Também lhe interessa: Enurese infantil ou xixi na cama: o que é, causas e como ajudar a criança)

Causas das infeções vaginais

As causas mais frequentes de vulvovaginite são as seguintes:

  • Higiene incorreta. Há que recordar que o orifício anal se deve limpar com movimentos da frente para trás, e não o contrário. Mesmo assim, também é necessário evitar o uso de produtos que alterem a integridade da mucosa da vagina, que favorecem as infeções vaginais porque criam um ambiente húmido, ideal para a proliferação das bactérias.

(Também lhe interessa: Meninas com fungos vaginais)

  • Corpos estranhos. Os restos de papel higiénico são o corpo estranho mais frequente que se encontra na vagina das meninas. Também a areia da praia que penetra na vagina se pode comportar como um corpo estranho e, como tal, causar vaginite.
  • Substâncias irritantes. Cosméticos, sabões, tecidos sintéticos, roupa demasiado apertada, como as calças de ganga, a roupa interior elástica e as fraldas cobertas de material plástico são outras causas da inflamação da vagina.

Quando ir ao pediatra

Deverá dirigir-se ao pediatra o mais rapidamente possível se:

  • A menina tem febre aparentemente inexplicável.

(Também lhe interessa: Como baixar a febre de bebés e crianças)

  • Presença de secreções vaginais.
  • A situação não melhora passados dois dias.

Se a sua filha se coça, observe primeiro se há corrimento vaginal nas suas cuecas. Se não há corrimento, a infeção por fungos ocupará o último lugar.

Se se tratar de uma infeção por uma bactéria, a vagina tenderá a produzir uma secreção esbranquiçada, cinzenta ou amarelada com mau cheiro ou semelhante ao do peixe. Se notar que o corrimento mudou de cor, quantidade, consistência ou cheiro, o mais provável é tratar-se de uma dermatite, em cuja instauração pode influir o detergente da máquina. É recomendável usar cuecas de algodão, evitando os estampados, e lavá-las com sabão não detergente, especial para peças delicadas. Topicamente pode aplicar-se uma pasta de água, que costuma ser muito eficaz.

Para evitar a vulvovaginite, é importante manter hábitos de higiene adequados.

 

Também lhe interessa

Vulvovaginite ou infeção vaginal em meninas| O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)