Mi bebé y yo

Meninas com fungos vaginais

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

A sua filha tem ardor nos genitais? Nas suas cuecas tem manchinhas amarelas? Pode tratar-se de fungos vaginais. Dizemos-lhe quais são os sintomas, as causas e os tratamentos em caso de fungos na vagina.

Tem comichões na vagina? Faz nódoas nas suas cuecas com um fluxo amarelado? Muito provavelmente tem fungos vaginais. Os fungos na vagina são muito desconfortáveis e dão muita comichão nos genitais. Mas porque é que uma menina pode ter fungos? E o que deveremos fazer se o pediatra lhe diagnostica uma inflamação ou infeção provocada por um fungo vaginal? Explicamos-lhe tudo em seguida.

Sintomas e causas dos fungos vaginais

  • Como já vimos, os fungos vaginais provocam muita comichão nos genitais da menina, razão pela qual o facto dela se coçar nessa zona com frequência, até com um certo desespero, deve ser sinal de alerta.
  • Outro dos sintomas deste transtorno é o aparecimento de fluxo vaginal amarelado. Se a sua filha tem estes dois sintomas, muito provavelmente tem uma infeção clamada vulvovaginite, cuja causa mais frequente é um fungo, a Candida albicans.
  • Este fungo é responsável também por infeções noutras localizações, por exemplo na boca, no caso de lactentes (sapinhos), na pele (dermatites), no aparelho digestivo (provocando diarreias), etc.
  • A transmissão costuma ser feita através do contacto direto ou através de utensílios de higiene, como esponjas e toalhas. Por este motivo, nunca se devem partilhar estes objetos com a família, cada um deve ter os seus próprios utensílios, principalmente se existe a suspeita de uma infeção por fungos na vagina.

(Também lhe interessa: Aftas nas crianças: O que fazer?)

Tratamento dos fungos na vagina

Embora os fungos formem parte da flora vaginal normal, o seu desequilíbrio é o que provoca a proliferação dos fungos vaginais. No caso de fluxo inflamatório, colonizado pelo fungo, o pediatra da sua filha prescrever-lhe-á um tratamento específico antifúngico, após diagnosticar devidamente o problema.

  • O tratamento costuma ser bastante eficaz, e consiste na aplicação de um creme ou uma pomada antifúngica, prescrita pelo pediatra.
  • Uma vez tratada a infeção por fungos vaginais, e para prevenir uma possível recaída, é importante ter cuidados redobrados nas medidas de higiene íntima da menina. A pequena deve mudar de cuecas todos os dias utilizando, de preferência, roupa interior de cor branca confecionada com tecidos naturais, como o algodão. Ainda assim, a menina não deve partilhar a esponja com que se lava com nenhuma outra pessoa, e não deve utilizar sabonetes agressivos para a sua higiene íntima, mas sim produtos específicos, com um pH adequado.
  • Informe-se com o seu pediatrade todas as medidas de prevenção de fungos vaginais.

Também lhe interessa

Fungos vaginais em meninas | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)