Mi bebé y yo

O que é e porque acontece o bruxismo infantil

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

O bruxismo é um problema que afeta tanto crianças como adultos, mas é mais habitual entre os pequenos que têm entre 4 e 5 anos. Segundo algumas estimativas, cerca de 80% das crianças manifestaram durante a sua infância sinais de bruxismo.

O bruxismo infantil faz referência ao hábito que algumas crianças têm de apertar ou ranger os dentes e pode ser cêntrico, quando a criança aperta os dentes, ou excêntrico, quando os dentes esfregam uns nos outros.

Além disso, o bruxismo infantil pode ser consciente ou inconsciente, e dar-se tanto durante o dia como pela noite. O bruxismo noturno é o mais frequente e deve-se à contração violenta e repetitiva dos músculos responsáveis por mastigar. Esta contração faz com que os dentes ranjam uns contra os outros, e costuma ocorrer durante as primeiras etapas do sono da criança, acabando quando passa para a fase de sono mais profundo.

(Também lhe interessa: Dentes de leite do bebé: quando rompem e por que ordem)

Perigos e causas do bruxismo infantil

O mais impressionante do bruxismo infantil é o ruído do ranger dos dentes, pois parece que se vão estragar, coisa que não vai acontecer, mas podem, isso sim, surgir problemas na saúde dentária da criança.

O ranger constante dos dentes provoca a erosão do esmalte, o que pode afetar a dentina e aumentar as probabilidades da criança sofrer de doenças das gengivas. Em certos casos, pode provocar a queda dos dentes e uma sobrecarga nas articulações da mandíbula.

As lesões provocadas pelo bruxismo infantil, geralmente, não são permanentes, já que a criança tem de perder os lentes de leite, mas pode afetar a dentição adulta se o bruxismo continua com os dentes permanentes.

O bruxismo infantil não deve causar preocupações, pois é um fenómeno que se dá com o aparecimento dos dentes e ajuda a estimular a formação muscular e óssea dos ossos do rosto. Trata-se de um hábito que desaparece quando rompem os incisivos permanentes e os molares.

Outras causas do bruxismo infantil são fatores físicos, como a má posição dos dentes, ou psicológicos, como situações stressantes.

(Também lhe interessa: Como escolher chupetas: qual é o seu impacto na amamentação e nos dentes)

Como tratar o bruxismo infantil

Inicialmente, o tratamento apenas é necessário quando a criança tem dores de cabeça, de ouvidos ou aparecem inflamações no maxilar.

Para evitar o bruxismo infantil, é importante fazer com que a criança reduza a sua atividade antes de se deitar, para que o faça relaxado. A aromaterapia, ler uma história ou um banho quente antes de dormir podem ser uma ajuda. Não é conveniente dormir com a televisão ligada, e há que evitar que durante o dia morda objetos, como as unhas ou um lápis.

Se o bruxismo infantil continua, é necessário consultar o dentista da criança para que avalie o caso e decida se é necessário o uso de uma placa miorrelaxante, que evita lesões permanentes causadas pelo bruxismo.

(Também lhe interessa: Doenças de crianças)

Também lhe interessa

O que é e porque acontece o bruxismo infantil | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)