O meu bebé

Paracetamol para crianças: o que devemos ter em conta?

O paracetamol é o medicamento que, junto com o ibuprofeno, mais abunda nas casas com bebés e crianças. É um fármaco de uso comum para aliviar o mal-estar provocado pela dor e pela febre. Mas será que sabemos realmente como e quando administrá-lo? E o que fazer se dermos mais que a dose recomendada? Explicamos-te tudo!

O que é o paracetamol para crianças?

O paracetamol é um analgésico (combate a dor) e antipirético (baixa a febre), e atua sobre o centro que regula a temperatura. O entanto, a sua ação anti-inflamatória é muito débil e não tem as mesmas propriedades que os anti-inflamatórios não esteroides (AINE), como sucederia no caso do ibuprofeno, que também se utiliza para tratar os mesmos sintomas. O paracetamol também se denomina acetaminofeno.

Os pediatras recomendam a administração de paracetamol, preferencialmente, nos miúdos mais pequenos (especialmente, nos primeiros seis meses), por ser um fármaco menos agressivo para o organismo que o ibuprofeno.

jeringuilla paracetamol

Para as crianças, o paracetamol apresenta-se, em grande maioria, em formato de suspensão ora, xarope e pastilhas mastigáveis (a partir dos seis anos, preferencialmente). Existe igualmente uma versão em supositórios, que se utiliza no caso da criança, por alguma razão, não o possa ingerir por via oral.

Paracetamol em crianças: para que serve

Basicamente, como já referimos anteriormente, o paracetamol serve para combater a dor e a febre. Muito importante: o paracetamol é um medicamento e deve ser prescrito pelo pediatra do teu filho ou filha, que também te explicará claramente a forma de administrá-lo e a dosagem correspondente, em função do peso da criança.

Dito isto, em que casos se usa habitualmente?

  • Dor de cabeça.
  • Dor na gengiva.
  • Dores.
  • Contraturas e entorses.
  • Febre (a partir de 38ªC).
  • Mal-estar geral provocado por resfriados, gripe, etc.

(Também te interessa: Como baixar a febre de bebés e crianças?)

 

dar parecentamol nino

Paracetamol para crianças em pastilhas

As crianças podem tomar medicamentos em forma de pastilhas ou comprimidos? A partir de que idade? Saibamos o que ter em conta antes de dar uma pastilha de paracetamol ao nosso pequeno.

  • O formato em pastilhas por via oral é adequado a partir dos 10-12 anos, quando a criança tem um maior controlo e disposição para ingerir comprimidos.
  • Quando ingere um medicamento em forma de comprimido pela primeira vez, é preciso ter cuidado. A criança deve desfazer a pastilha na boca antes de a engolir, para evitar possíveis engasgamentos ou situações desagradáveis.
  • Em qualquer caso, será o pediatra quem te indicará o medicamento que o teu filho ou filha podem tomar.

 

Marcas de paracetamol para crianças

Existem numerosas marcas de paracetamol pediátrico comercializadas nas farmácias

O importante é que saibas que a composição do medicamento, o princípio ativo e a sua dosagem são os mesmos em todas as marcas, pelo que as tuas preferências, ou melhor, as do teu pequeno, serão chave para decidires por uma ou outra. Por exemplo, o sabor do medicamento e a sua aceitação por parte da criança são determinantes.

 

Qual o preço do paracetamol infantil?

  • O paracetamol de uso pediátrico é um medicamento bastante económico.
  • No caso do frasco de 90 ml, o preço ronda os 3€.
  • Se formos para o formato em pastilhas, uma caixa de 12 comprimidos de paracetamol 500 mg pode custar à volta de 3€, dependendo da marca. Tem em conta que os medicamentos genéricos costumam ser mais económicos que as marcas mais conhecidas.
  • No entanto, algumas marcas de paracetamol genérico vendem-se a um preço até 0,60€ porv20 comprimidos. Existe muita diferença entre marcas e estabelecimentos.

As crianças podem tomar paracetamol 500 mg?

De acordo com as indicações de associações de pediatria, a partir dos 10 anos, as crianças podem tomar uma dose de paracetamol a cada 4-6 horas, com um máximo diário de 4 gramas.

Com esta idade, as crianças também podem tomar pastilhas, que é o formato mais habitual para a administração de paracetamol 500.

É uma boa prática a criança desfazer a pastilha na boca antes de engolir, para evitar que se engasgue.

O que acontece se der paracetamol acima da dose?

Dado o seu uso comum pelas famílias para evitar a dor e a febre nas crianças, a administração excessiva de paracetamol é uma das causas mais frequentes de intoxicação por medicamentos na infância.

A dose tóxica acontece quando se superam os 150 mg por quilo de peso.

O paracetamol é eliminado pelo fígado, de maneira que se podem produzir danos neste órgão em caso de sobredosagem. Porque acontecem intoxicações por paracetamol nas crianças?

  • Ingestão acidental por parte da criança. Não nos esqueçamos que devemos manter sempre os medicamentos fora do seu alcance.
  • Administração de uma dose excessiva por parte dos pais ou da pessoa que está a cuidar da criança na sua ausência, devido a um erro de cálculo ou um descuido.
  • Excesso de medicação devido a não respeitarem os tempos e as quantidades certas na hora de administrar o fármaco.
  • Em caso de suspeitas de intoxicação por paracetamol na criança, é imprescindível ir a um serviço de urgências o mais rápido possível ou chamar o 112 em caso de dúvida.

..........

Que fármaco administras ao teu filho quando se queixa de dores e tem febre? Estás segura de que é a dose adequada? Deixa-nos o teu comentário!