Mi bebé y yo

Parque para bebés: guia prático para os escolher

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Está à procura de um parque infantil para o bebé? Quais as características que deve ter o parque? Durante quanto tempo se podem utilizar? Não tenha mais dúvidas e descubra tudo neste artigo!

A partir dos cinco ou seis meses, quando o bebé já consegue estar sentado, pode acostuma-lo a estar um pouco no parque infantil para que ganhe confiança com este recinto de brincadeiras, seguro e confortável.

Deverá ter em conta que o espaço à disposição do pequeno deve ser suficientemente grande para lhe permitir ter liberdade de movimentos. Lembre-se que não é conveniente que passe lá demasiado tempo, use-o apenas de forma esporádica.

(Também lhe interessa: Quando e como começa a gatinhar)

Características do parque para o bebé

  • A estrutura do parque infantil para o bebé deve ser resistente, rígida e estável.
  • Os parques infantis para bebés também devem dispor de uma base que deve ser coberta com uma capa de enchimento de espuma e forrada.
  • A rede de proteção deve cumprir com a normativa que estabelece o diâmetro dos buracos para evitar que o bebé fique preso.

O que se deve ter em conta antes de comprar o parque para o bebé

  • Os mecanismos de abertura e fecho devem ser fáceis de acionar.
  • O parque infantil para o bebé deve ser estável (pode sacudi-lo um pouco para verificar).
  • Os elementos da estrutura em contacto com a rede devem ser acolchoados.
  • O eixo da base não se deve curvar quando se exerce pressão com a palma da mão.
  • As rodas do parque para o bebé devem ter travões independentes.
  • Os revestimentos devem ser laváveis.

Como usar o parque infantil para bebés

O parque deve ser um lugar seguro para que a criança brinque tranquilamente. Para o bebé deve ser um recanto que lhe transmita confiança e que lhe seja familiar, onde possa encontrar os seus brinquedos preferidos.

(Também lhe interessa: Como é um ginásio para bebés?)

Para evitar que o bebé rejeite o parque e que viva o momento de estar lá dentro como uma separação da figura da mãe, é importante que o acostume à situação de forma gradual e progressiva.

Não deixe o bebé durante demasiado tempo no parque e se verifica que, apesar das tentativas, a criança não quer lá estar, não insista.

(Também lhe interessa: Brincadeiras de bebés que estimulam o seu desenvolvimento)

 

Também lhe interessa

Parque para bebés: guia prático | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)