Mi bebé y yo

Intercomunicadores para bebés: quais os requisitos que devem cumprir

( 3 votos) load
facebook twitter whatsapp

Os intercomunicadores permitem vigiar o bebé continuamente e sentir-se sempre perto dele. Conheça todas as características e requisitos que este dispositivo deve cumprir para que a criança se encontre em segurança.

Não há nada mais reconfortante para os pais do que saber que o seu filho se encontra em segurança e está protegido enquanto dorme no berço do seu quarto. É nesses momentos que o pai e a mãe podem ter algum tempo para relaxarem e usufruírem da desejada intimidade do casal, o que, além do mais, tem consequências positivas para a criança; de facto, para serem felizes, os bebés necessitam que os pais também o sejam.

Para satisfazer esta necessidade, existem no mercado os chamados intercomunicadores para bebés, um dispositivo que permite ter o bebé sempre sob vigilância. Graças a ele, os pais podem controlar o bem-estar da criança sem necessidade de estar sempre a entrar no seu quarto. Estejam perto ou longe, o pai e a mãe podem ter a tranquilidade de saber que o seu filho dorme pacificamente e está bem, para além de o sentir sempre perto deles.

Partes de um intercomunicador

Os intercomunicadores têm duas partes:

- Por um lado, a unidade emissora, que é colocada perto do bebé.

- Por outro,a unidade recetora, que fica junto aos pais.

- Ambas podem funcionar com pilhas ou ligadas à rede de eletricidade. Algumas possuem uma bateria recarregável que tem mais autonomia. O ideal é que tanto a unidade dos pais como a do bebé sejam leves, fáceis de manusear e que tenham horas suficientes de autonomia e um longo alcance de transmissão (entre 100 e 400 metros).

Funcionalidades dos intercomunicadores

Nos últimos anos, a grande maioria de marcas incorporou nos seus modelos funcionalidades inovadoras com o objetivo de aumentar a fiabilidade e comodidade destes dispositivos.

- Por exemplo, muitos intercomunicadores possuem câmaras de vídeo a cores para que os pais possam ver os seus bebés no televisor e até gravar em vídeo ou DVD, para além de que os podem ouvir em qualquer sítio da casa através do recetor. 

- Outros, ainda, são equipados com um aviso luminoso para alertar os pais do nível de carga da bateria, pelo qual podem sentir-se sempre seguros em relação ao funcionamento do sistema.

- Boa parte destes dispositivos têm mais do que um canal de transmissão, para que a ligação seja de boa qualidade e para evitar interferências de outros sistemas digitais ou wireless.

- Por último, alguns modelos de intercomunicadores possuem funcionalidades bastante sofisticadas, como por exemplo: sistema de vibração no recetor; regulador de volume; indicador luminoso que controla a intensidade do choro do bebé; alarme sonoro que indica quando se produz algum erro de transmissão; medidor de temperatura ambiente; função de chamada telefónica no caso de o bebé acordar, e um longo etc.

(Também lhe interessa: Bomba tira leite: quando e como utilizá-la)

Também lhe interessa

Intercomunicador: quais os requisitos que deve cumprir Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)