Mi bebé y yo

O que são as dores tortas ou contrações pós-parto?

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Durante a gravidez, e depois de dar à luz, produzem-se muitas modificações no organismo da mãe. A principal mudança, depois de dar à luz, é o processo através do qual o útero volta ao um tamanho parecido com o que tinha antes da gravidez. Para tal, contrai-se de forma (por vezes) dolorosa: são as chamadas dores tortas.

No processo de involução uterina, para que o útero volte a recuperar o seu tamanho anterior à gravidez, é habitual que se produzam contrações pós-parto, chamadas de dores tortas.

As dores tortas são contrações intensas que acontecem frequentemente durante as primeiras 24 a 48 horas depois do parto, mas podem durar cerca de uma semana, embora com menor intensidade. Estas contrações fazem parte de um processo normal: ajudam o útero a voltar ao seu estado normal e facilitam a regeneração depois de dar à luz.

As contrações pós-parto são involuntárias e acentuam-se ao dar mama ao recém-nascido. Tal é devido ao facto de o processo de sucção dos mamilos fazer com que se liberte a hormona ocitocina, responsável por provocar estas contrações. Por este motivo, a estimulação mamária é benéfica para reduzir o risco de hemorragias intensas.

(Também lhe interessa: Pós-parto: depois do parto)

As dores tortas são dolorosas?

Embora para muitas mães estas contrações produzam uma dor tolerável, a verdade é que se podem tornar bastante dolorosas. Se o médico considerar adequado, pode tomar-se um analgésico ligeiro para ajudar a acalmar a dor, embora apenas durante as primeiras 24 a 48 horas após dar à luz se as dores tortas forem muito intensas.

Aproximadamente 5% das mães que o são pela primeira vez sofrem destas contrações de forma dolorosa, já que normalmente são menos intensas ou habituais e sentem-se de forma suave, como o período. Não obstante, tal pode mudar à medida que aumenta o número de filhos, dado que o útero vai perdendo tonicidade e precisa de mais contrações, e mais fortes, para voltar ao seu sítio. O mesmo acontece com as mães que deram à luz bebés muito grandes, ou gémeos, pois o útero teve de crescer mais do que o habitual.

(Também lhe interessa: Sintomas da depressão pós-parto: como se trata?)

Os benefícios das dores tortas

Se o útero não se contrair, os vasos sanguíneos ficam abertos, o que poderia provocar uma hemorragia que poderia pôr a vida da mãe num risco grave. Depois de dar à luz, o útero volta a descer até perto do nível do umbigo e, graças a estas contrações, dá-se a involução.

Através destas contrações pós-parto, o útero consegue libertar-se dos tecidos da gravidez que podem ter ficado no seu interior e, pouco a pouco, vai diminuindo o seu tamanho de modo a voltar ao seu estado inicial, de uma forma completamente natural.

(Também lhe interessa: Tratamentos corporais pós-parto)

Também lhe interessa

O que são as dores tortas ou contrações pós-parto? | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)