Mi bebé y yo

Sardas na gravidez

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

As sardas e sinais podem mudar durante a gravidez devido às alterações hormonais. Mas como mudam? Quando é que é necessário recorrer a um dermatologista? Explicamos-lhe tudo e damos-lhe alguns conselhos para prevenir as manchas da pele durante a gravidez.

Ao ficar grávida, o seu corpo experimenta muitas mudanças e flutuações a nível hormonal que podem provocar alterações no organismo fora do comum: enjoos, náuseas, aumento do tamanho dos seios, aparecimento de estrias... De entre as diferentes alterações, é importante ter em conta as que se manifestam na pele e que, dependentemente do seu historial genético, podem causar problemas.

A pigmentação da pele costuma mudar durante a gravidez e pode tornar-se mais escura do que o habitual, especialmente em zonas como os mamilos, em volta dos genitais, em cicatrizes e nas sardas. Tal é devido às mudanças hormonais sofridas durante a gestação, que estimulam temporariamente a produção de melanina, a substância natural que dá cor ao cabelo, à pele e aos olhos. Também a exposição ao sol pode promover o escurecimento da pele e aparição de manchas, o denominado "melasma gestacional".

(Também lhe interessa: Melasma na gravidez: acabe com as manchas na cara)

O que acontece aos sinais e às sardas durante a gravidez?

As dúvidas mais frequentes das futuras mamãs, no que diz respeito às alterações sofridas pela pele durante a gravidez, referem-se às sardas e aos sinais. Neste sentido, convém ter presente que, se a sua pele tem tendência a ter sardas, provavelmente estas vão escurecer durante a gravidez, mudar de tamanho ou aumentar em número.

É bem sabido que alguns sinais ou sardas se podem transformar em tumores malignos, motivo pelo qual é importante fazer uma revisão dermatológica anualmente.Se, além disso, durante a gravidez notar que algum sinal ou sarda está diferente, deverá consultar de imediato um dermatologista para que avalie se se trata ou não de uma situação normal.

(Também lhe interessa: Estrias na gravidez: acabe com elas!)

Prevenção face às manchas e ao escurecimento da pele

As alterações que a pele experimenta durante os nove meses de gestação costumam desaparecer depois do parto. Não obstante, pode seguir alguns conselhos para prevenir o seu aparecimento ou para dissimular as manchas que aparecerem:

  • Proteção solar. A exposição aos raios de sol intensifica as alterações na pigmentação da pele. Por este motivo, torna-se fundamental utilizar um creme solar com proteção SPF 50 todos os dias, quer esteja o tempo nublado, quer esteja sol. Se estiver ao ar livre, por exemplo a dar um passeio, deverá aplicar o protetor várias vezes ao longo do dia. Também é aconselhável, especialmente no verão, evitar a exposição solar entre as 12:00 horas da manhã e as 16:00 da tarde.
  • Produtos faciais adequados. A limpeza e hidratação facial diária, tanto pela manhã como antes de se deitar, é importante para manter aa boa saúde da pele delicada do rosto. Neste sentido, é importante utilizar os produtos adequados, evitando os que possam causar irritações na pele. Por exemplo, se uma pessoa tem a pele mais sensível, deverá utilizar loções de limpeza e hidratantes especificamente concebidos para peles sensíveis.
  • Maquilhagem quando surge o problema. Se lhe apareceram manchas na pele durante a gravidez, pode ocultá-las com uma maquilhagem adequada. Lembre-se que não se recomenda o uso de produtos despigmentantes ou branqueadores da pele durante a gravidez. Na maioria dos casos as alterações da pigmentação desaparecem depois do parto.

Também lhe interessa

Sardas na gravidez | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)