Mi bebé y yo

Manchas na cara ou melasma gestacional: o que são e como tratar

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

As manchas na cara durante a gravidez ou melasma gestacional são muito comuns nas grávidas. Mas porque é que aparecem exatamente e como tratá-las?

As manchas na cara que aparecem durante a gravidez são muito comuns nas grávidas. São manchas que aparecem escuras que aparecem na testa, dos lados nas bochechas e na zona superior da boca, como se se tratasse de uma verdadeira “máscara”. Trata-se de um problema estético bastante comum durante a gestação.

Causas do melasma na gravidez

Os fatores que intervêm no aparecimento do melasma gestacional são dois: um de natureza hormonal e outro de natureza genética.

Durante a gestação, as variações hormonais que se produzem no organismo materno conduzem a uma maior concentração de melanina (o pigmento escuro que determina a cor da pele) nalgumas zonas da cara. No entanto, as pessoas mais afetadas são as de pele escura, já predispostas geneticamente para produzir uma maior quantidade de melanina. Além disso, o sol pode contribuir a desencadear o problema, mediante estimulação melanócita.

Prevenção do melasma

As pessoas com tendência à formação de manchas devem, ante tudo, ter cuidado com o sol, sobretudon o verão, a través do uso de cremes de proteção máxima e evitando a exposição excessiva. Não obstante, também no inverno, se bem que em menor medida, os raios de sol afetam a nossa pele, que deve estar protegida com um protetor UV.

Como tratar as manchas na cara

Na gravidez, é melhor evitar alguns tratamentos, dado que ao eliminar a capa “manchada” pode estimular uma maior produção de melanina. Por outro lado, não está excluido que o melasma desapareça espotaneamente depois do parto, quando as hormonas voltem à normalidade.

Uma vez finalizada a amamentação, conheçamos os possíveis tratamentos, que deve efetuar o dermatólogo ou um cirugião plástico:

- Se o problema é leve, será suficiente realizar um peeling com alfahidroxiácidos, como o ácido glicólico ou salicílico, que favorece a renovação celular.

- Se as manchas são mais escuras e estão mais estendidas, pode-se aplicar ácido tricloroacético, capaz de eliminar a capa de melanina da epiderme.

- Si el problema es leve, será suficiente con realizar un peeling con alfahidroxiácidos, como el ácido glicólico o el salicílico, que favorece la renovación celular.

- Como alternativa, é possível optar pela dermoabrasão mecânica com bisturi de radiofrequência ou laser: ambos emitem ondas rádio que “despegam” a pele manchada.

Efetivamente, será o médico a determinar o tratamento mais adequado em função da entidade do problema.

Produtos cosméticos adequados

Os cosméticos também podem ser úteis para prevenir as manchas da cara ou reduzir a sua intensidade e o seu tamanho. Tratam-se principalmente de cremes que contêm:

- Ácido kójico e ácido azelaico, que bloqueiam a atividade da tirosina, a enzima que estimula o processo de melanogénese.

- Vitamina C, com a acção de aclarar.

- Hidroxiácidos, como os ácidos glicólico, láctico e salicílico, que favorecem o a regeneração celular.

Também lhe interessa

Manchas na cara ou melasma gestacional Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)