Mi bebé y yo

Pode tomar-se ranitidina na gravidez?

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Um dos incómodos mais frequentes durante a gravidez é a azia ou o refluxo gástrico, talvez devidos às hormonas e ao aumento da barriga. A ranitidina é um fármaco contra a acidez. Mas pode tomar-se durante a gravidez?

A ranitidina é um medicamento que pertence aos chamados bloqueadores H2 e que reduz a quantidade de ácido produzido pelo estômago. Usa-se para tratar o refluxo gástrico, quando o refluxo do ácido produzido pelo estômago provoca dores estomacais, lesões no esófago e úlceras. Também se utiliza noutros casos nos quais, como na síndroma Zollinger-Ellison, se produz demasiado ácido no estômago.

(Também lhe pode interessar: Refluxo gastroesofágico ou azia na gravidez)

Não obstante, antes de tomar este medicamento, há que ter em conta que os seus efeito secundários podem causar dores de cabeça, dores de estômago, mal-estar estomacal, vómitos, obstipação ou diarreia. Se algum destes sintomas se tornar severo, ou não desaparecer, deve avisar o seu médico. Nas grávidas, as reações adversas podem ser insónia, sonolência, enjoos ou vertigens.

(Também lhe pode interessar: Doenças na gravidez)

A ranitidina na gravidez

Geralmente este medicamento é indicado para os casos moderados, ou mais intensos, de acidez no estômago e realizaram-se numerosos estudos que revelam que tomar ranitidina na gravidez não afeta o feto, mesmo se se tomar durante o primeiro trimestre da gestação, nem durante a amamentação. No entanto, apesar dos resultados destes estudos, é aconselhável que consulte o seu médico antes de tomar qualquer medicamento antiácido ou protetor de estômago. Devemos ter em conta que este medicamento pode ocultar os sintomas de outras doenças mais graves do que a acidez de estômago, pelo que a prevenção é especialmente importante.

Há que ter em conta que, no caso de se sofrer de doenças hepáticas ou se se padece de insuficiência ou falha renal, se deve controlar a ingestão de ranitidina como precaução, pois poder-se-ia produzir uma acumulação do medicamento no nosso organismo.

(Também lhe pode interessar: É perigoso tomar paracetamol na gravidez?)

Outros medicamentos: cimetidina e omeprazol na gravidez

Segundo os estudos sobre o uso de medicamentos suspensores da acidez durante a gravidez, calcula-se que 85% das grávidas tomam fármacos para tratar esta condição.

Um destes estudos realizou-se com o objetivo de avaliar a existência de malformações congénitas nos filhos das mulheres que, durante o primeiro trimestre da gestação, tinham tomado raniditina, cimetidina ou omeprazol.

O estudo concluiu que não se encontra uma relação entre o consumo destes fármacos e malformações nos filhos, bem como com partos prematuros ou atrasos no crescimento dos filhos.

(Também lhe pode interessar: Nausefe: Pode ser tomado na gravidez para combater os enjoos?)

Também lhe interessa

Pode tomar-se ranitidina na gravidez? | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)