Mi bebé y yo

Estradiol e gravidez: qual é o nível ótimo?

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

O estradiol é uma hormona tanto de homens como de mulheres que tem um papel fundamental nos anos reprodutivos e na gravidez. Neste artigo, vamos explicar-lhe o que é exatamente o estradiol, qual é a sua função e quais são os seus níveis ótimos.

O estradiol ou E2 é uma hormona sexual produzida nas glândulas suprarrenais de ambos os sexos; nos ovários, no caso das mulheres, e nos testículos, no caso dos homens.

Como atua o estradiol

No caso das mulheres, o estradiol não só se encarrega do crescimento dos órgãos sexuais femininos, como também é a hormona sexual (estrogénio) predominante durante os anos reprodutivos e na gravidez.

No caso dos homens, entre outras funções, o estradiol evita que os espermatozoides morram prematuramente.

O estradiol também se pode administrar por via oral, injeção, implante ou via dérmica em pomada. Os seus usos medicinais vão desde a indução da ovulação até à conceção, embora também seja útil para atenuar os desagradáveis efeitos da menopausa, entre muitos outros. Por tanto, o estradiol pode funcionar tanto como supressor como estimulante.

(Também lhe interessa: O que é e que funções tem a hormona da gravidez)

Sintomas de estradiol baixo

O nível de estradiol nas mulheres varia em função do momento do ciclo menstrual em que esta se encontre. O nível normal de estradiol em mulheres jovens (pré-menopausa) é de 30 a 400 picogramas por mililitro de sangue, enquanto nas mulheres na menopausa o nível desce a mínimos e costuma estar entre 0 e 30 pg/ml. Em muitos casos, os laboratórios podem utilizar diferentes valores e o espectro destes pode variar. Para saber com certeza se o resultado das suas análises é normal, deverá consultar o seu médico.

Baixos níveis de estradiol podem ser sinal de insuficiência ovárica, desequilíbrio hormonal, ausência de menstruação ou insuficiência hipofisária. São sintomas de baixos níveis de estradiol a pele seca, emagrecimento rápido (especialmente do peito) e a dificuldade de conceção, entre outros.

(Também lhe interessa: Funções e níveis normais da hormona luteinizante)

Sintomas de estradiol alto

Os níveis altos de estradiol aumentam quando existe algum tipo de tumor ovárico ou endometriose, se se está a seguir um tratamento anticoncetivo ou para tratar os sintomas da menopausa, se houver problemas de cirrose no fígado, etc. As pessoas com níveis altos de estradiol podem manifestar sintomas de sobrepeso, acne, extremidades frias, fadiga, insónia, dores nas mamas, alopecia, problemas estomacais, edemas, etc.

Durante a gravidez, os níveis de estradiol sobem de forma constante e, quanto mais se aproxima o parto, mais alta será a sua concentração. Cerca de quatro a cinco dias depois do parto, o nível de estradiol começa a baixar até aos valores normais.

(Também lhe interessa: Teste triplo: O que é e como se interpreta?)

Também lhe interessa

Estradiol e gravidez: qual é o nível ótimo? | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)