Mi bebé y yo

Queijo parmesão na gravidez: perigoso para o bebé?

( 0 votos) load

O queijo é um dos alimentos com o qual as futuras mamãs devem ter cuidado durante a gravidez. Mas será que o queijo parmesão é um desses casos? Se está grávida e se questiona se pode comer este famoso alimento italiano, esclareça as suas dúvidas com este artigo.

Em primeiro lugar, é importante explicar o que é a listeriose. Trata-se de uma infeção causada pela bactéria Listeria monocytogenes, transmitida através de alguns alimentos. Os seus sintomas assemelham-se aos da gripe, embora, nos casos mais graves, também possa provocar meningite e infeções generalizadas que podem, inclusivamente, levar à morte se não forem tratadas adequadamente.

(Também lhe interessa: Ácido fólico na gravidez e alimentos que o contêm)

Posso comer parmesão durante a gravidez?

Precisamente para evitar o contágio da listeriose, a maioria dos médicos desaconselha comer queijos não pasteurizados, especialmente os queijos moles, pois são os que têm mais probabilidades de ser elaborados com leite não pasteurizado e além disso têm uma maior quantidade de água, que é um meio mais favorecedor da proliferação de bactérias.

Atualmente, os produtos láteos que podemos encontrar em qualquer supermercado costumam indicar se o leite utilizado na sua elaboração está ou não pasteurizado. No caso de não o indicar costuma haver, no seu lugar, um número de telefone de atendimento ao cliente onde os consumidores podem esclarecer este tipo de dúvidas.

Se falamos do parmesão, a verdade é que existe alguma polémica acerca do seu consumo ser ou não saudável durante a gravidez. O parmesão é um queijo elaborado com leite sem pasteurizar (ou seja, leite cru). No entanto é, ao mesmo tempo, um queijo curado, ou seja, praticamente sem água ou humidade, pelo que a presença de bactérias é uma hipótese bastante remota. Ainda assim, deve verificar a possível presença de bolor no queijo, muito prejudicial para uma mulher em estado de gestação.

Então porque é que não proíbem a ingestão de parmesão durante a gravidez? O queijo parmesão é muito nutritivo e saudável, daí que a maioria dos médicos não proíba o seu consumo e recomende simplesmente um consumo moderado. O parmesão também é muito rico em cálcio, um elemento muito importante na gravidez.

(Também lhe interessa: Toxoplasmose na gravidez)

Queijo na gravidez: quais se podem consumir

Portanto, como já dizemos, o queijo parmesão nas grávidas é moderadamente aconselhável e, como tal, não é necessário eliminá-lo da dieta. Mas é preciso evitar os queijos frescos e suaves, elaborados com leite não pasteurizado, tais como a mozzarella, o queijo fresco não pasteurizado, o camembert, etc. Também se devem evitar os queijos azuis tais como o roquefort, o gorgonzola ou o queijo de Cabrales.

Por outro lado, consideram-se seguros os queijos cheddar, edam, emmental, feta (com leite pasteurizado), gouda, mascarpone, mozzarella (com leite pasteurizado), pecorino, provolone, requeijão, taleggio, queijo em creme e queijo fresco.

Convém ter em conta que também se deve evitar comer a casca dos queijos, e pensar que queijos mais tradicionais e de origem caseira podem não estar pasteurizados.

(Também lhe interessa: Dieta para não engordar demasiado na gravidez)

Também lhe interessa

Queijo parmesão na gravidez: perigoso para o bebé? | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)