Mi bebé y yo

Vitamina E e fertilidade

( 17 votos) load
facebook twitter whatsapp

A vitamina E está considerada como a “vitamina da fertilidade”. Se quer engravidar, deve saber que ter níveis baixos desta vitamina no organismo pode diminuir a fertilidade. Tome nota dos alimentos que a possuem!

A vitamina E é muito importante para o bom funcionamento do sistema hormonal e do aparelho reprodutor, ajuda a prevenir doenças, ativa a circulação e acelera a cicatrização. Além disso, a vitamina E é um antioxidante, o que significa que protege o tecido corporal dos estragos causados pelos denominados radicais livres.

Portanto, se quer engravidar e já faz algum tempo que, junto com o seu companheiro, o vem tentando, deve saber que a carência de vitamina E nas mulheres pode causar alterações nos ciclos menstruais e aumentar o risco de aborto. Por outro lado, no homem, a ausência de vitamina E diminui a mobilidade dos espermatozoides. Em suma, ter os níveis desta vitamina baixos pode diminuir a fertilidade e, por isso, dificultar a gravidez.

(Também lhe interessa: Como calcular o IMC?

Que alimentos contêm vitamina E?

As sementes de girassol. Ideal como guarnição para saladas e sopas, as sementes de girassol proporcionam 36,6mg de vitamina E
A paprica e o chili vermelho. A pimenta, quer seja de tipo doce, como o pimentão, ou picante como o chili em pó de cor vermelha, proporciona uma excelente quantidade de vitamina E.
As amêndoas. As amêndoas, quer consumidas cruas, quer como leite ou manteiga, contêm muita vitamina E, valiosa para o seu organismo.
Os pinhões. Proporcionam cerca de 9,3mg de vitamina E, tanto crus (como guarnição em saladas e sobremesas), como em molhos, como o pesto.
Os amendoins. Muito comuns em forma de manteiga, mas também habituais como aperitivos ou guarnição de saladas, os amendoins são muito ricos em vitamina E.
O manjericão e os orégãos. As ervas secas e aromáticas que se utilizam para dar mais sabor aos pratos são uma forma excelente de consumir vitamina E. Além destas, também são ricos nesta vitamina a sálvia, o tomilho, a salsa e os cominhos.
Os alperces secos. Consumidos como sobremesa ou ao lanche, os alperces secos podem ser uma boa guarnição para saladas de frutas ou vegetais.
As azeitonas verdes. Têm inúmeros usos culinários, pelo que se podem adicionar a imensos pratos.
Os espinafres cozidos. São muito saudáveis, contêm bastantes vitaminas e minerais e são ricos em vitamina E.

 

A vitamina E e a gravidez

A vitamina E também é muito benéfica durante a gravidez, já que tem um impacto positivo no sistema nervoso, ajudar a aumentar ao desenvolvimento neurológico do bebé e fortalece a futura mãe contra as infeções. De facto, um estudo realizado no College of Public Health and Human Sciences, da Universidade do Oregon (Estados Unidos), afirma que a vitamina E é fundamental para o desenvolvimento do feto e durante os primeiros meses do bebé. Segundo este estudo, consumir pouca vitamina E pode contribuir para um aumento das infeções, asma e atraso do crescimento nas crianças.

 

Também lhe interessa

Vitamina E e fertilidade | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)