Mi bebé y yo

Testes de ovulação: resultam?

( 2 votos) load
facebook twitter whatsapp

Quer engravidar e tem dúvidas quanto à utilização dos testes de ovulação? Já ouviu falar do teste de ovulação Clearvue? Quando se pode começar a fazer a teste? Funciona realmente? Fique tranquila, vamos esclarecer todas as suas dúvidas!

Os testes de ovulação são uma ferramenta caseira que a ajuda a identificar os seus dias férteis. Os testes preveem quando terá lugar a ovulação e, por isso mesmo, permitem-lhe saber quais os dias mais favoráveis para ter relações sexuais e engravidar. Para detetar quando acontecerá a ovulação, este tipo de teste determina o pico de produção da hormona LH, responsável pela expulsão do óvulo por parte do folículo ovárico, ou seja, a ovulação. Geralmente, a ovulação ocorre entre 12 a 24 horas após o pico da LH e calcula-se que se dispõe, aproximadamente, de umas 48 horas para manter relações sexuais a partir do momento em que o teste dá positivo.

Entre os testes mais conhecidos, está o Clearvue, muito fácil de utilizar, pois não necessita de interpretar os tracinhos para perceber o resultado. O teste de ovulação Clearvue exibe no ecrã o símbolo de uma cara que sorri, no caso de resultado positivo da ovulação e informa-a quanto aos dias úteis.

(Também lhe interessa: Temperatura basal: como medir?)

Como funcionam os testes de ovulação? 

Os testes de ovulação medem, através da urina, o pico mais alto da hormona LH (hormona luteinizante). Esta hormona é segregada entre 24 a 36 horas antes de ovular. Deste modo, ao calcular que se aproxima dos dias da ovulação, deve começar a utilizar o teste todos os dias para identificar o momento ideal para ter relações sexuais e ficar grávida. É aconselhável que faça o teste todos os dias à mesma hora. Quando tiver alcançado o pico mais alto da hormona LH deve manter relações sexuais nesse mesmo dia, e também no dia seguinte, se quiser aumentar as probabilidades de êxito para conseguir engravidar. É bom lembrar que algumas mulheres não ovulam todos os meses, já que pode acontecer que o óvulo não saia do folículo. Neste caso, o teste de ovulação não indicará qualquer pico durante esse mês.

Tipos de testes de ovulação 

Teste de ovulação em tiras

Os testes de ovulação que utilizam o sistema de tirinhas são baratos e avaliam os níveis de LH na urina. O resultado expressa-se em riscos que surgem na tira. Se pegar na tira pelo lado colorido, o primeiro traço que aparece é o do controlo, que deve estar lá sempre para que o teste seja válido. Conforme o nível de LH detetado, também surgirá outro traço mais abaixo e que vai corresponder à LH. O teste será positivo se a banda de LH tiver uma intensidade igual ou maior do que a de controlo. Neste caso, terá sido detetado o pico de LH e a ovulação irá ocorrer nas próximas 24 a 48 horas. O teste será negativo se a risca de LH não aparece ou, então, se a sua intensidade é menor do que a do controlo. Por último, o teste não será válido se a risca de controlo não aparecer. É importante que leia as instruções do produto antes de o utilizar.

Teste de ovulação Persona

Ao contrário dos testes baseados na avaliação da LH, o sistema Persona combina a determinação dos níveis de LH juntamente com os de outra hormona chave para a ovulação: o estradiol. Durante o ciclo menstrual, o aumento de estradiol antecipa o aumento de LH e, por conseguinte, a chegada da ovulação. O sistema Persona consiste numas varetas para prova com urina, simples e descartáveis, e um monitor pequeno e manejável. As varetas de prova recolhem hormonas da primeira urina da manhã e transformam-nas em informação que pode ser lida pelo monitor. O monitor lê as varetas de prova e dá-lhe um conselho anticoncecional para cada dia. Este sistema está pensado para indicar à mulher quando pode ter relações sexuais sem risco de engravidar, pelo que o sistema de luzes que utiliza é o seguinte: a luz vermelha indica risco de gravidez se tiver relações sexuais sem proteção, e a luz verde indica que não há risco de gravidez.

Quando começar a fazer as provas com o teste?

O dia em que é recomendável começar a fazer as provas com o teste de ovulação vai depender da duração do seu ciclo menstrual, quer dizer, dos dias que decorrem entre o primeiro dia do período e o dia anterior à menstruação seguinte. Utilizando o calendário da ovulação pode saber quando esta se inicia, de modo a não começar a fazer as provas com demasiada antecipação. Se o seu ciclo menstrual não é regular, terá de fazer as provas com o teste de ovulação durante mais dias. 

……………

 

 

Também lhe interessa

Testes de ovulação: resultam? | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)