scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo

Yoga para crianças: benefícios e posturas

( 6 votos) load
facebook twitter whatsapp

O yoga para crianças é um excelente exercício físico e mental. Explicamos-lhe os seus benefícios e apresentamos alguns exercícios simples para que mãe e filho descarreguem as tensões e relaxem.

O yoga é uma disciplina psicofísica através da qual se podem alcançar condições de grande bem-estar para o corpo e para a mente. As posturas do yoga inspiram-se nos elementos da natureza, segundo os especialistas. Animais, plantas, formas que permitem a quem as pratica entrar em sintonia com o seu próprio corpo e, também, como resultado, com as manifestações energéticas que estas posições evocam.

As crianças, mais recetivas e flexíveis que os adultos, recebem muitos benefícios através do yoga: uma musculatura, em geral, e uma coluna vertebral, em particular, mais fortes, uma postura correta que reduz os desvios e a dor de costas, defesas imunitárias mais elevadas, e um estado de espírito mais sereno e equilibrado.

O segredo está na respiração. A criança aprende a respirar de forma correta e profunda, com o nariz e não com a boca aberta; com a barriga e não só com o tórax. Esta técnica melhora o funcionamento do sistema respiratório e acalma a mente, porque, quanto mais tranquila e regular for a respiração, mais se acalmam os pensamentos.

No Yoga para crianças recomendamos, para a prática dos exercícios, o uso de uma t-shirt e calças de algodão confortáveis e um par de meias ou ficar com os pés descalços. Uma vez aprendidos os exercícios, estes podem ser praticados em casa: de manhã, para se preparar e enfrentar o dia com energia; ou à noite, para descontrair e descarregar tensões.

Yoga para crianças: dos 3 aos 7 anos

 

Nesta idade, a criança aprende a concentrar-se no seu corpo e a não perder a sua flexibilidade inata. O cérebro precisa de brincadeira e movimento para desenvolver plenamente o intelecto. Nas turmas para crianças de 3 a 7 anos, são narrados contos, através dos quais as crianças se transformam em animais e símbolos da natureza. Deste modo, através do jogo, é-lhes ensinado a respirar e a relaxar.

(Também lhe interessa: 10 ideias para brincar com plasticina)

 (Também lhe interessa: Seleção dos melhores livros para crianças)

Yoga para crianças: dos 8 aos 12 anos

Entre os 8 e os 12 anos, as crianças já têm uma maior capacidade de concentração. Nesta etapa do crescimento, o yoga ajuda a equilibrar o sistema hormonal e contribui para apaziguar o mau humor. Uma criança que pratica yoga terá uma adolescência mais equilibrada.

Nestas aulas, praticam-se posições que permitem à criança adquirir uma postura corporal adequada, ao mesmo tempo que se fazem exercícios de respiração e relaxamento. Também é trabalhada a concentração para fomentar o silêncio interior e estimular a criatividade dos mais pequenos, dotando-os de segurança e autoestima.

Regra geral, os principais benefícios do yoga para crianças de qualquer idade são os seguintes:

- Favorece a concentração e a atenção

- Estimula a fantasia.

- Proporciona uma maior estabilidade emocional.

- Ajuda a superar frustrações e inseguranças.

- Melhora as relações interpessoais com crianças da mesma faixa etária.

- Permite-lhes filtrar as mensagens violentas provenientes da televisão e de jogos interativos (jogos de vídeo).

- Elimina o stress.

- Melhora as posturas corporais.

Posição da árvore

De pé, com as pernas juntas e os braços estendidos, encostados aos quadris, focar o olhar num ponto que esteja à sua frente. De seguida, elevar o pé direito e apoiá-lo sobre a parte interna do músculo esquerdo, no ponto mais alto possível. Assim que tenha alcançado o equilíbrio, levantar os braços e unir as palmas das mãos sobre a cabeça. Baixar o pé direito e repetir o exercício com o outro pé. Quando terminar, relaxar por alguns minutos.

Benefícios:

- Tranquiliza crianças tensas ou agitadas. No entanto, este exercício não é aconselhável para crianças hiperativas, já que teriam muita dificuldade em permanecer imóveis.

- Favorece a concentração e a calma mental.

- Contribui para alcançar o equilíbrio e a estabilidade do corpo.

Posição da chama da vela

- Sente-se no chão, com as costas direitas e as pernas cruzadas. Antes de iniciar o exercício, acenda uma vela e coloque-a sobre uma cadeira, ou um banco, a uns 40cm da sua cara, à altura dos olhos. Dirigir o olhar para o centro da chama.

- Manter os músculos do rosto relaxados e o olhar estático, sem fechar as pálpebras (se não conseguir manter os olhos abertos durante muito tempo, pode pestanejar de vez em quando). Deve fazer este exercício respirando profundamente durante 5 minutos. Depois, feche os olhos; de certeza que verá a chama diante de si.

- Se lhe cair alguma lágrima, não se preocupe; é algo absolutamente normal e indica que o olho se está a limpar.

Benefícios:

- Este exercício acalma as preocupações da mente, bem como as tensões do corpo.

- É muito positivo para os olhos, já que relaxa as pupilas. De facto, recomenda-se para pessoas com problemas da vista, uma vez que reforça os músculos oculares e melhora a qualidade da visão.

Posição do zumbido das abelhas

Sentado numa posição cómoda, com os pés bem apoiados no chão. Inspirar profundamente e, depois, expirar com a boca fechada, mantendo os dentes ligeiramente entreabertos, de modo a produzir um som semelhante ao zumbido de uma abelha (“zzzz…”). Repetir o exercício várias vezes e, a seguir, tapar os ouvidos com os dedos e continuar a produzir este som, respirando em silêncio e escutando com atenção o zumbido e a vibração que este produz no nariz, no palato e na cabeça.

Benefícios:

- O som e as vibrações do zumbido têm o poder de tranquilizar e acalmar a ansiedade e as tensões. Isto porque os sons dirigem a atenção para a cabeça, permitindo ao corpo que se descontraia.

Posição do lenhador

De pé, com as pernas bem separadas e os dedos das mãos entrelaçados, inspirar profundamente e elevar os braços. De seguida, com uma expiração rápida, baixar as mãos e colocá-las entre as pernas, flexionando também as costas. Notará como, ao descer, irá emitir um som espontâneo e natural. Depois, recupere a posição inicial e repita o exercício várias vezes.

Benefícios:

- Este exercício liberta as tensões e o cansaço.

- Além disso, faz com que se contraiam os músculos do corpo, para depois os relaxar profundamente.

Posição do rugido do leão

- Coloque-se frente ao seu filho, de gatas, com os dedos das mãos separados e bem apoiados no chão. A seguir, abram a boca o mais possível, como se estivessem a bocejar, e deitem a língua de fora, tanto quanto consigam.

- Ao mesmo tempo, há que soltar a voz, como se rugissem ou emitissem outro som espontâneo qualquer. Descansar por uns segundos e repetir o exercício as vezes que se queira.

Benefícios

- Este exercício permite libertar todas as tensões e relaxar as pequenas contraturas dos músculos faciais, causadas por nervosismo ou stress.

- É perfeito para crianças com dificuldade em expressar a sua agressividade, ou para os mais introvertidos ou reservados, pois ajuda a vencer a timidez e dá-lhes uma sensação de coragem.

- Além disso, é muito eficaz para superar a gaguez e reforçar os maxilares.

 




Também lhe interessa

Yoga para crianças: benefícios e posturas | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro