scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo

Viajar com bebés: como organizar uma escapada

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Não tenha medo de viajar com o seu bebé! Se as souber organizar, fazer escapadas com o seu bebé vai ser uma experiência maravilhosa tanto para si como para ele. Viajar com bebés pode ser uma grande aventura!

Viajar com bebés em família pode ser uma experiência maravilhosa, tanto para os pais como para os filhos. Na verdade, será que há algo mais bonito do que descobrir o mundo com ou através dos olhos das pessoas de quem mais gosta? Por isso, seja num modo escapada de fim-de-semana ou uma viagem longa, viajar com bebés vale a pena. Pela mão do meta motor de pesquisa Skyscanner  damos-lhe os melhores conselhos para se organizar.

Ao contrário do que muita gente pensa, ter um bebé não significa ser obrigado a deixar de viajar. No nível viajante, ter um bebé é o princípio de uma nova etapa de viagens, nem melhor nem pior do que as que já passaram ou as que virão, apenas diferente. Viajar com um bebé significa que, a partir desse momento, se quiser viajar terá de planificar as viagens de uma forma diferente para que todos os membros da família as possam realizar e divertir-se. Viajar com bebés é uma aventura enriquecedora e inesquecível e um repto do ponto de vista logístico. Mas que aborrecida seria a vida sem desafios!

E por onde se pode começar a preparar uma escapada ou uma viagem com um bebé? Não entre em pânico, vamos dar-lhe algumas linhas orientadoras para que possa começar a planificar a sua primeira ou próxima escapada com o seu bebé. Porque viajar com um bebé é mais uma aventura do que uma missão impossível (embora, à partida, possa parecer uma que o é). Não se deixe assustar, viajar com bebés é possível. Experimente e confirme!

Como escolher o destino para viajar com um bebé

No momento de escolher um destino para viajar com o seu bebé convém ter em conta certos fatores e, sobretudo, planear. Com planear não queremos dizer que tenha de fazer um horário detalhado com horas, minutos e segundos sobre os trajetos, as refeições e as atividades da sua viagem, mas sim que tem de ter esclarecidos alguns pontos básicos da escapada para evitar o stress tanto em si como no seu bebé.

(Também lhe interessa: Voar com bebés, o que deverá saber)

Especialmente se esta é a sua primeira escapada com o seu bebé, assegure-se que escolhe um destino que garanta alguns mínimos de higiene e segurança. Ir para a Índia de mochila às costas com um bebé talvez não seja a melhor opção para começar, mas talvez visitar as pirâmides de Tikal já não seja uma viagem tão excêntrica. Ou porque não fazer uma escapada por Portugal onde as questões de língua, da comida ou alojamento irão apresentar poucos ou nenhuns problemas?

Seja qual for o seu destino, nacional ou internacional, convém ter em conta, além da higiene e segurança, que a viagem (trajeto) não deve ser muito longa. Quanto menos tempo o bebé tiver de ficar fechado num carro, comboio ou avião, melhor. Na verdade, para a primeira escapada com o seu bebé, o melhor é escolher um destino próximo e com qual se sinta à vontade. Consoante a forma como o bebé for reagindo às deslocações e viagens, poderá ir aumentando a distância e complexidade dos destinos. Passo a passo, poderá chegar tão longe quanto quiser. Mas sempre passo a passo. Não salte etapas.

Sugestões de destinos “baby friendly”

Em Portugal existem imensos destinos “amigos” dos bebés mas, se quer fazer uma escapada europeia, um destino baby friendly é, por exemplo, a Noruega. Na Noruega poderá encontrar apoios para viajar com o seu bebé em praticamente todo o lado: desde as salas de amamentação ou alimentação e cuidados nos aeroportos até aos vagões de brincadeiras nos comboios, passando pelos recantos ou áreas para crianças de muitas instalações (ginásios, hotéis, bibliotecas) e atividades que preparam para os mais pequenos em museus e exposições. Em muitas atrações turísticas os bebés podem entrar gratuitamente (às vezes até aos 4 anos) e as crianças quase sempre têm uma redução nos preços das entradas. Tudo para que as famílias possam continuar a viajar, a conhecer e a divertir-se.

A nível logístico, independentemente do seu destino, para viajar ou fazer uma escapada com o seu bebé convém ter em conta os seguintes pontos:




Como escolher um alojamento para viajar com um bebé (hotéis baby friendly)

Na altura de escolher um alojamento adequado para o seu bebé, seja do estilo que for, convém que se informe antecipadamente de quais os serviços que dispõe. Em muitos hotéis, hostels e parques de campismo existem já áreas para bebés e crianças além de muitos equipamentos de apoio (desde berços para o quarto até grandes quartos com espaços separados para pais e filhos, passando por atividades para os mais pequenos, áreas de recreio específicas e seguras para eles, etc.). Procure alojamento baby friendly. Se quiser encontrar este tipo de alojamento pode consultar páginas específicas como Tripadvisor  ou Booking. Se preferir, também pode ir diretamente à página do alojamento que escolher e, no caso de ter alguma dúvida, contacte-o diretamente. É a falar que a gente se entende.

1

Como escolher um alojamento para viajar com um bebé (hotéis baby friendly)

Na altura de escolher um alojamento adequado para o seu bebé, seja do estilo que for, convém que se informe antecipadamente de quais os serviços que dispõe. Em muitos hotéis, hostels e parques de campismo existem já áreas para bebés e crianças além de muitos equipamentos de apoio (desde berços para o quarto até grandes quartos com espaços separados para pais e filhos, passando por atividades para os mais pequenos, áreas de recreio específicas e seguras para eles, etc.). Procure alojamento baby friendly. Se quiser encontrar este tipo de alojamento pode consultar páginas específicas como Tripadvisor  ou Booking. Se preferir, também pode ir diretamente à página do alojamento que escolher e, no caso de ter alguma dúvida, contacte-o diretamente. É a falar que a gente se entende.

Como escolher atividades e atrações turísticas para fazer com um bebé

A chave para escolher atividades e atrações turísticas para se divertir com um bebé é optar por aquelas que possam ser interessantes para todos. Obviamente que fazer bungee jumping com o seu bebé não é a melhor ideia (provavelmente até nem é uma ideia legal), mas se o que pode fazer é uma visita guiada por uma cidade na qual possa conhecer a cidade e o seu bebé possa desfrutar do passeio. Existe muita informação sobre atividades para crianças na net, tanto em páginas como nas redes sociais, apenas precisa de navegar um pouco e informar-se. Mais uma vez, é uma questão de planear um pouco.

Há museus, jardins cinemas, edifícios históricos, ginásios, etc. que organizam atividades para crianças (às vezes para crianças e pais, outras para as crianças enquanto os seus pais visitam o monumento). Apenas tem de visitar a página do local que quer visitar e informar-se de quando é melhor visitá-lo com o seu bebé ou crianças. Por exemplo, o Museu Guggenheim de Bilbaodedica uma ampla secção na sua página de internet a fornecer informação das suas atividades com crianças, e muitos outros sítios do mundo fazem atividades com crianças (e às vezes muito giras e até gratuitas). Informe-se e aproveite!

Embora possa parecer que um bebé limita – e em parte fá-lo – no que diz respeito às atividades a realizar também costuma trazer uma coisa muito boa consigo: baixa o ritmo da viagem. Com um bebé viaja-se mais devagar e esse mais devagar faz com que se desfrutem mais cada uma das atividades. Com um bebé é mais fácil centrar-se na qualidade em vez da quantidade. Talvez apenas possa fazer cinco coisas de vez em quando, mas essas cinco coisas vão ser vividas em pleno. Slow travelem estado puro.

2

Como escolher atividades e atrações turísticas para fazer com um bebé

A chave para escolher atividades e atrações turísticas para se divertir com um bebé é optar por aquelas que possam ser interessantes para todos. Obviamente que fazer bungee jumping com o seu bebé não é a melhor ideia (provavelmente até nem é uma ideia legal), mas se o que pode fazer é uma visita guiada por uma cidade na qual possa conhecer a cidade e o seu bebé possa desfrutar do passeio. Existe muita informação sobre atividades para crianças na net, tanto em páginas como nas redes sociais, apenas precisa de navegar um pouco e informar-se. Mais uma vez, é uma questão de planear um pouco.

Há museus, jardins cinemas, edifícios históricos, ginásios, etc. que organizam atividades para crianças (às vezes para crianças e pais, outras para as crianças enquanto os seus pais visitam o monumento). Apenas tem de visitar a página do local que quer visitar e informar-se de quando é melhor visitá-lo com o seu bebé ou crianças. Por exemplo, o Museu Guggenheim de Bilbaodedica uma ampla secção na sua página de internet a fornecer informação das suas atividades com crianças, e muitos outros sítios do mundo fazem atividades com crianças (e às vezes muito giras e até gratuitas). Informe-se e aproveite!

Embora possa parecer que um bebé limita – e em parte fá-lo – no que diz respeito às atividades a realizar também costuma trazer uma coisa muito boa consigo: baixa o ritmo da viagem. Com um bebé viaja-se mais devagar e esse mais devagar faz com que se desfrutem mais cada uma das atividades. Com um bebé é mais fácil centrar-se na qualidade em vez da quantidade. Talvez apenas possa fazer cinco coisas de vez em quando, mas essas cinco coisas vão ser vividas em pleno. Slow travelem estado puro.

Como alimentar um bebé durante uma viagem

Como diz Montse, a mãe do trio viajante Un mundo para 3 com toda a razão do mundo: um bebé come o lanche no parque ao pé de casa ou no Zócalo da Cidade do México. É verdade. A única coisa que tem de ter em conta quando for viajar com um bebé são as horas das refeições e ou que lhe quer dar a essas horas (tal como em casa). Se o bebé está em período de amamentação e mama não existe nada mais fácil! Pode comer em praticamente qualquer lado. Se tem de levar comida para ele apenas a tem de a levar. Se não precisar de ser aquecida, ótimo, se a tiver de aquecer, de certeza que em muitos cafés e restaurantes do mundo a poderão aquecer no micro-ondas.

Se quiser ir a um restaurante com o seu bebé, é de novo uma excelente ideia procurar restaurantes baby friendly. Em Portugal não existe nenhum regulamento que especifique quais são os estabelecimentos baby friendly mas, em geral, consideram-se restaurantes baby friendly os que permitem ter cadeiras e carrinhos de bebé (tanto pata entrar como para estacionar), os que têm equipamentos como trocadores gratuitos, os que contam com menu  para crianças, os que têm área de recreio infantil e, não menos importante, aqueles onde o pessoal é amável para com os mais pequenos. Nem todos os restaurantes são baby friendly em Portugal, mas cada vez há mais. Mais uma vez poderá encontrá-los nas páginas de avaliação de estabelecimentos.

3

Como alimentar um bebé durante uma viagem

Como diz Montse, a mãe do trio viajante Un mundo para 3 com toda a razão do mundo: um bebé come o lanche no parque ao pé de casa ou no Zócalo da Cidade do México. É verdade. A única coisa que tem de ter em conta quando for viajar com um bebé são as horas das refeições e ou que lhe quer dar a essas horas (tal como em casa). Se o bebé está em período de amamentação e mama não existe nada mais fácil! Pode comer em praticamente qualquer lado. Se tem de levar comida para ele apenas a tem de a levar. Se não precisar de ser aquecida, ótimo, se a tiver de aquecer, de certeza que em muitos cafés e restaurantes do mundo a poderão aquecer no micro-ondas.

Se quiser ir a um restaurante com o seu bebé, é de novo uma excelente ideia procurar restaurantes baby friendly. Em Portugal não existe nenhum regulamento que especifique quais são os estabelecimentos baby friendly mas, em geral, consideram-se restaurantes baby friendly os que permitem ter cadeiras e carrinhos de bebé (tanto pata entrar como para estacionar), os que têm equipamentos como trocadores gratuitos, os que contam com menu  para crianças, os que têm área de recreio infantil e, não menos importante, aqueles onde o pessoal é amável para com os mais pequenos. Nem todos os restaurantes são baby friendly em Portugal, mas cada vez há mais. Mais uma vez poderá encontrá-los nas páginas de avaliação de estabelecimentos.

Como fazer a mala para viajar com um bebé

A bagagem é um dos maiores desafios quando se vai viajar com um bebé porque, quase sempre, queremos levar tantas coisas que, simplesmente, não cabem. O melhor conselho é que priorize. Dê prioridade às coisas que o seu bebé vá necessitar no destino (como, por exemplo, o carrinho); procure alternativas de coisas que necessita mas que pode encontrar no destino (como, por exemplo, um berço para dormir que, com sorte, vai ter no hotel); e não compre coisas do dia-a-dia que possa adquirir no sítio para onde vai (se vai por dez dias não leve fraldas para dez dias, leve para três e compre mais fraldas durante a viagem). Mas, sobretudo, não entre em stress. Vai viajar com um bebé, não com uma bomba relógio. O mais importante é que goste, cuide e proteja o seu bebé, não é mudar de fatiota todos os dias!

5

Como fazer a mala para viajar com um bebé

A bagagem é um dos maiores desafios quando se vai viajar com um bebé porque, quase sempre, queremos levar tantas coisas que, simplesmente, não cabem. O melhor conselho é que priorize. Dê prioridade às coisas que o seu bebé vá necessitar no destino (como, por exemplo, o carrinho); procure alternativas de coisas que necessita mas que pode encontrar no destino (como, por exemplo, um berço para dormir que, com sorte, vai ter no hotel); e não compre coisas do dia-a-dia que possa adquirir no sítio para onde vai (se vai por dez dias não leve fraldas para dez dias, leve para três e compre mais fraldas durante a viagem). Mas, sobretudo, não entre em stress. Vai viajar com um bebé, não com uma bomba relógio. O mais importante é que goste, cuide e proteja o seu bebé, não é mudar de fatiota todos os dias!

Como viajar com um bebé de avião

Se esta não vai ser a sua primeira escapada com o seu bebé, se já sabe que o pequeno se porta bem e quer dar um passo mais além, se quer viajar de avião com o seu bebé ou crianças, visite o guia da Skyscanner com preços e requisitos para voar com bebés e crianças. Hoje em dia praticamente todas as companhias permitem viajar com bebés, mas convém informar-se junto delas para saber quais as condições e equipamentos oferecem para os mais pequenos e qual é o preço do seu bilhete (geralmente os bilhetes de avião de bebé são mais baratos dos que os bilhetes de adulto). Como vê, ter um bebé não significa que deixe de voar. Isso nunca!

6

Como viajar com um bebé de avião

Se esta não vai ser a sua primeira escapada com o seu bebé, se já sabe que o pequeno se porta bem e quer dar um passo mais além, se quer viajar de avião com o seu bebé ou crianças, visite o guia da Skyscanner com preços e requisitos para voar com bebés e crianças. Hoje em dia praticamente todas as companhias permitem viajar com bebés, mas convém informar-se junto delas para saber quais as condições e equipamentos oferecem para os mais pequenos e qual é o preço do seu bilhete (geralmente os bilhetes de avião de bebé são mais baratos dos que os bilhetes de adulto). Como vê, ter um bebé não significa que deixe de voar. Isso nunca!

Foto 1 de 5
1
2
3
5
6

Também lhe interessa

Viajar com bebés: como organizar uma escapada | O meu bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro