Mi bebé y yo

Berços convertíveis: modelos e requisitos

Está a pensar em preparar o quarto do bebé e não sabe que berço escolher? Oferecemos algumas propostas de berços que se transformam em camas e em quartos completos. Uma opção prática e muito atual. Descubra a nossa seleção!

Aproxima-se a chegada do bebé e deve ter o seu quarto preparado. Pensar na decoração, nos móveis e nos acessórios, é divertido e emocionante, mas também se pode transformar em algo stressante perante a dúvida sobre o que comprar. Não se preocupe, atualmente existem no mercado modelos de berços convertíveis, muito práticos, que se transformam em cama. Alguns, até, permitem criar um quarto infantil completo, com estantes e escrivaninha, alargando, assim, a vida útil do berço durante um longo período de tempo.

Como deve ser um berço seguro? 

É importante que, ao adquirir um berço convertível, confirme que está homologado pela norma europeia vigente para berços, que também rege os berços convertíveis. É a melhor forma de garantir a segurança do bebé enquanto dorme. Mas, o que deve verificar antes da compra?

  1. Os intervalos do estrado, para evitar que o bebé possa ficar entalado. A distância entre as ripas do estrado deve ser de 60mm no máximo. A distância máxima entre o estrado e o bastidor do berço deve ser de 25mm de cada lado.
  2. A distância entre os pontos de apoio, para evitar um possível risco de queda do bebé. O berço deve ter uma altura interna mínima de 60cm, desde a base onde dorme o bebé até ao ponto mais alto do berço.
  3. O marcador, que é a altura máxima até onde pode chegar o colchão. Se o colchão não faz parte do berço, como acontece nos berços convertíveis, este deve ter uma marca indicativa da altura correta, a espessura máxima, de colchão que se pode utilizar.

De seguida, oferecemos-lhe uma seleção de berços convertíveis que se transformam em camas e, alguns, inclusive, em quartos infantis completos.

…………..

O que pensa da opção de comprar um berço que mais tarde poderá transformar em cama infantil? Parece-lhe uma opção prática, ou prefere comprar agora um berço, e, mais tarde, a cama? Por favor, deixe o seu comentário no final deste artigo e partilhe a sua opinião com as outras mães no Fórum Salvamamãs.

(Também lhe interessa: Alcofas e mini berços: como devem ser?)

(Também lhe interessa: Berços evolutivos e berços de viagem)