Mi bebé y yo

O copo menstrual: vantagens e desvantagens

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Quando tem a menstruação acha que é desconfortável ter de mudar de penso ou tampão frequentemente? A compra destes produtos traz-lhe um gasto mensal que gostaria de evitar? Apresentamos-lhe uma alternativa ecológica: o copo menstrual. Conheça as suas vantagens e desvantagens.

Um dos principais incómodos da menstruação é o desconforto que provoca às mulheres o facto de ter de mudar continuamente de tampões e pensos, o que também pressupõe um gasto económico mensal que muitas gostariam de evitar. Como alternativa a estes produtos, surge este utensílio: o copo menstrual. Quer saber de que se trata?

(Também lhe pode interessar: O que é e que funções tem a hormona da gravidez?)

O que é um copo menstrual?

O copo vaginal é um utensílio flexível que se insere na vagina para reter o fluxo menstrual durante o período feminino, da mesma forma que os pensos, tampões e pensos diários. Não obstante, ao contrário destes últimos produtos, o copo menstrual não absorve o sangue mas sim permite armazená-lo até se deitar fora na sanita.

Este instrumento não causa alergias nem contém produtos químicos que possam produzir irritações vaginais, pois é feito de silicone médico, látex ou TPE (elastómero termoplástico). No mercado podem encontrar-se diferentes tamanhos que se adaptam às necessidades de cada mulher, e de cores e acabamentos variados.

Como é que se utiliza o copo menstrual?

Como o próprio nome indica, tem forma de copo. Ou seja, é largo e aberto por cima e vai-se fechando para terminar numa ponta semelhante ao fio dos tampões, que vai servir para o extrair do interior da vagina.

Para o colocar, simplesmente tem de dobrar a sua parte mais larga até a enrolar. Depois, introduz-se pelo orifício vaginal com suavidade como se fosse um tampão e, uma vez inserido, solta-se para que se possa abrir e ajustar-se. Para o retirar, apenas tem de puxar a terminação com cuidado.

Vantagens e desvantagens do copo menstrual

O copo menstrual é um utensílio relativamente novo, pelo que o seu uso ainda não é muito difundido. Não obstante, cada vez é mais fácil encontrá-lo no mercado, acompanhado de comentários positivos ou negativos de pessoas que já o experimentaram ou de mulheres que estão pouco dispostas a fazê-lo.

Vantagens do copo menstrual

  • São 100% hipoalérgicos, livres de químicos e produtos que podem fazer mal ao organismo.
  • Ao não absorverem o fluxo menstrual, protegem a mucosa vaginal, encarregada de prevenir infeções. Além disso, também não vão ressequir nem arranhar as paredes vaginais.
  • A sua limpeza é muito fácil: apenas necessita de um pouco de água e sabão ou uma toalhita quando não puder aceder a um lavatório.
  • Não deixam restos de fibras, como acontece com os tampões tradicionais.
  • O seu uso é ilimitado (pode chegar a durar até 15 anos com uma manutenção adequada). Por isso, apesar do seu preço inicial ser um pouco elevado (entre 15 e 30 euros), em aproximadamente quatro meses já recuperou o investimento.
  • Oferecem entre 10 a 12 horas de proteção (consoante o fluxo de cada mulher).
  • Permitem fazer a vida normal tranquilamente (dormir, praticar desporto, ir trabalhar, etc.), pois não fazem nódoas.
  • Têm um elevado valor ecológico pois, ao substituirem os tampões e pensos, o gasto em celulose e nos químicos para os criar é reduzido.
  • (Também lhe pode interessar: Cintas pós-parto: Usar ou não?)

Desvantagens do copo menstrual

  • É um instrumento que causa algumas reticências usar pela primeira vez.
  • Ao ter de se esvaziar e limpar, não costuma agradar às mulheres que não gostam de ver sangue, pois, especialmente nas primeiras vezes de uso, podem sujar-se.
  • O processo de higienização não é muito limpo, pois há que extraí-lo com cuidado e esvaziá-lo na sanita. Além disso, posteriormente, deve lavar-se com água e sabão, sendo que este processo nem sempre é passível de se realizar em lugares públicos.
  • Deve-se esterilizar uma vez por mês, normalmente depois de acabar a menstruação, com água a ferver e pastilhas esterilizantes iguais às que se usam para os biberões.
  • Acertar com o tamanho certo não é fácil dado que é necessário evitar, por um lado, as fugas e, por outro, o desconforto ao usá-lo. Há quem possa acertar à primeira e quem tenha de experimentar vários tamanhos até encontrar o correto.

O que lhe parece o copo menstrual? Tem vontade de experimentar ou prefere manter os métodos de higiene que já conhece?

Também lhe interessa

O copo menstrual: vantagens e desvantagens | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)