Mi bebé y yo

Como será o seu bebé? Vamos mostrar-lhe!

( 140 votos) load
facebook twitter whatsapp

A cor dos olhos, o cabelo, a pele, os seus traços e inclusive, a sua inteligência e carácter dependem da contribuição genética dos pais. Mostramos-lhe como será o seu bebé, segundo a genética.

Até há pouco tempo considerava-se (com base nas Leis de Mendel) que a cor dos olhos dependia de um único gene, e que o gene portador de cores escuras seria mais provavelmente transmitido do que o portador de cores claras. No entanto, há alguns anos que se descobriu que o mecanismo de transmissão é muito mais complexo.

Por outro lado, em relação ao cabelo, considera-se que o cabelo escuro e encaracolado tem muito mais probabilidade de ser transmitido do que o cabelo claro e liso.

Portanto, não é apenas a cor dos olhos, o cabelo, a pele e o rosto, mas até a inteligência e todo o perfil genético do bebé, que dependem dos cromossomas X e Y. Fornecidos pelos pais, os cromossomas determinam o sexo do bebé e contêm a maior parte da informação genética de um indivíduo. Porém, é preciso não esquecer os avós (e os antepassados no geral), que têm um papel primordial na construção do perfil genético dos seus filhos e descendentes.

A saúde da criança também é influenciada pela herança genética. Por esta razão, é importante, não apenas tentar imaginar o aspeto do bebé, como também avaliar atentamente se existem doenças hereditárias para as quais o seu filho esteja predisposto.

No entanto, é bom recordar que os fatores externos e ambientais também influenciam o desenvolvimento do bebé, e, neste caso, o seu aspeto e as doenças ou transtornos que possa sofrer podem variar, tornando-o mais propenso, ou pelo contrário, reduzindo o risco de padecer determinada doença.

Quais são as doenças hereditárias?

Os transtornos visuais, a fibrose cística, a arteriosclerose, a hipertensão, o enfarte, a asma e a obesidade são doenças hereditárias.

Para prever os problemas que o seu bebé possa herdar, pode ser de grande ajuda elaborar uma árvore genealógica das doenças que afetaram as famílias dos progenitores. Perante qualquer dúvida ou preocupação, a melhor opção sempre será consultar o seu médico.

(Também lhe interessa: Método para conceber um menino ou uma menina)

Também lhe interessa

Como será o seu bebé? Vamos mostrar-lhe! | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)