scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo
Doenças
Doenças

Esquisar doenças por inicial

a b c d e f g h i l m n o p q r s t u v

Tinha infantil: o que deve fazer

facebook twitter whatsapp

A tinha é uma infeção de pele devida a fungos microscópicos, que aparecem normalmente nos pés. Vamos explicar como se manifesta e como a tratar.

A tinha é uma infeção de pele devida a fungos microscópicos que, conforme a zona afetada, assume diferentes nomes: tinea pedis, t. unguium, t. corporis, t. cruris, ou seja, tinha da pele, tinha das unhas, da cabeça, do corpo ou das virilhas.

Sintomas da tinha ou do pé de atleta 

A forma mais comum é a tinha dos pés, também conhecida por pé de atleta, pois afeta, sobretudo, as crianças que frequentam o ginásio ou a piscina. Pode não dar sinais, ou então apresentar vermelhidão entre os dedos dos pés, antes que a pele comece a ganhar gretas e bolhas. Quando estas rebentam, provocam uma intensa comichão. Se não for controlada a tempo, a erupção pode-se espalhar ao resto do pé e propagar-se às unhas e à planta do pé.

Tratamento da tinha nas crianças 

- Para acabar com o pé de atleta pode ser aplicada uma pomada antifúngica, sempre sob prescrição médica, tendo o cuidado de lavar e secar cuidadosamente os pés da criança. A pomada deve ser aplicada durante 2-3 semanas e, pelo menos, durante mais uma semana após a tinha desaparecer, ainda que, aparentemente, o pé já esteja curado. Regra geral, o processo de cura requer 2-3 semanas.

- Entretanto, a criança deve usar um calçado adequado. Deve evitar calçar-lhe sapatos de plástico, ou demasiado apertados; é preferível o calçado em couro ou fibras naturais, e trocar de sapatos com frequência.

(Também lhe interessa: Dermatite atópica: sintomas, causas e tratamento)

Quando recorrer ao pediatra

Pode ser necessário procurar o pediatra:

- Se a erupção se estender ao resto do pé da criança.

- Se houver pus, visto que é um sinal de que existe uma infeção por estreptococos ou estafilococos.

- Se a criança sentir muita dor.

- Se, apesar da aplicação da pomada, passada uma semana do início do tratamento, a situação não melhorar.

- Se a pele não estiver curada após quatro semanas de tratamento.

(Também lhe interessa: Doenças de crianças)




Também lhe interessa

Tinha infantil: o que deve fazer | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro