scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo
Doenças
Doenças

Esquisar doenças por inicial

a b c d e f g h i l m n o p q r s t u v

Mal de altura: como afeta as crianças?

facebook twitter whatsapp

O mal de altura é causado por uma diminuição da quantidade de oxigénio no ar. Em que medida pode afetar as crianças? Quando é necessário consultar o pediatra?

O mal de altura (também chamado de mal da montanha) é causada por uma diminuição da quantidade de oxigénio no ar. Algumas pessoas têm mais predisposição do que outras para sofrer deste distúrbio, porém, postas de parte as características pessoais, a probabilidade de sofrer os seus sintomas aumenta na proporção da altura e da velocidade da subida.

Uma criança saudável, de qualquer idade, pode subir a qualquer altura, mas, em altitudes muito elevadas, ou seja, acima dos 2500 metros, necessita de um período de aclimatação: o seu organismo deve acostumar-se gradualmente ao novo ambiente.

Mal de altura: sintomas

O mal de altura manifesta-se ao fim de 6-8 horas de ter chegado a altitudes elevadas: a criança tem dor de cabeça, náuseas, vertigens, dificuldade em respirar e taquicardia. A respiração torna-se arquejante e acelerada. À noite tem dificuldade em adormecer ou um sono muito alterado.

(Também lhe interessa: Dores de cabeça na criança)

Normalmente, os sintomas desaparecem ao fim de 2-3 dias, porém, num pequeno número de casos, se a criança for submetida a um esforço excessivo, podem ocorrer complicações muito graves: edema pulmonar (acumulação de líquido nos pulmões) e edema cerebral (acumulação de líquido nas células cerebrais): a criança fica com os lábios azuis, uma dor de cabeça muito forte, vomita repetidamente, custa-lhe falar ou caminhar, e parece confusa.

O que fazer em caso de mal de altura

- Assim que aparecem os primeiros sintomas, há que descer imediatamente para uma altitude mais baixa cerca de 600-700 metros, em relação àquela em que se está, e sempre abaixo dos 3000 metros de altura.

- Se a criança está assustada por não conseguir respirar, deve tentar tranquilizá-la, fazendo com que respire lenta e profundamente. Para a ajudar, coloque-lhe uma mão sobre o abdómen e ensine-a a inspirar pelo nariz e expirar pela boca.

- Sempre que a criança se sentir mal, administrar-lhe oxigénio assim que possível.

- Se não consegue caminhar, transportá-la ao colo em posição sentada.

- Nos casos menos graves, a criança deve ficar de repouso por 2-3 dias; dê-lhe alimentos de fácil digestão e tente fazê-la beber muitos líquidos.

- Quando se sentir melhor, poderá voltar, gradualmente, à sua atividade física normal.

Quando consultar o pediatra devido ao mal de altura

Antes de levar o seu filho para a montanha, há que levá-lo ao pediatra para uma consulta médica.

(Também lhe interessa: Doenças de crianças)




Também lhe interessa

Mal de altura: como afeta as crianças? | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro