scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo
Doenças
Doenças

Esquisar doenças por inicial

a b c d e f g h i l m n o p q r s t u v

Laringite infantil: síntomas, diagnóstico e tratamento

facebook twitter whatsapp

A laringite é uma inflamação da laringe provocada por uma infeção vírica. Explicamos quais são os sintomas, como se diagnostica e que tratamentos há que seguir.

A laringite é uma inflamação da laringe (que se situa na parte externa superior da traqueia, sob a raiz da língua) provocada por uma infeção vírica. Uma vez que o aparelho respiratório pode ser infetado por vários tipos de vírus, é provável que o episódio se repita várias vezes, sobretudo pelos finais do outono e princípios do inverno.

Em certos casos, no entanto, a laringite infantil também pode ser consequência de uma alergia: ao pólen, a um medicamento, ou a qualquer outra substância. Nestes casos, o problema tem tendência a aparecer sempre que a criança entra em contacto com a substância alergénica.

(Também lhe interessa: Alergias infantis)

Um tipo particular de laringite é o laringospasmo (croup), que afeta as crianças com menos de 4-5 anos de idade e é muito frequente entre o primeiro e o terceiro ano de vida. A partir dos 4-5 anos, não se dão mais ataques de croup porque, com o crescimento, as cartilagens da laringe fortalecem-se, alargam e já não ficam obstruídas pelo inchaço causado pela inflamação.

Laringite: sintomas

A laringite na criança aparece, sobretudo, durante a noite, quando esta, que durante o dia não mostrou qualquer sinal de mal-estar, acorda de repente devido a um violento ataque de tosse, acompanhado de ruídos (ronquidos e assobios). Custa-lhe a respirar e, quando inspira, emite um som muito forte. Por vezes, a tosse vem acompanhada de febre, que não costuma ser muito alta.

A crise pode durar de poucos minutos a algumas horas e resolve-se de forma espontânea, do mesmo modo como surgiu. Este quadro impressiona e, para os pais inexperientes, é um dos motivos mais frequentes para corridas frenéticas às Urgências. E inútil: muitas vezes, ainda durante o trajeto para o hospital, a criança melhora visivelmente e, no momento da consulta, já está francamente melhor. Isto acontece porque o contacto com o ambiente exterior, muitas vezes mais fresco e húmido que o de sua casa, alivia a irritação. Por vezes, durante algumas noites seguidas, o ataque repete-se mais ou menos com os mesmos sintomas dos anteriores, mas é raro que se prolongue por muitos dias.

Tratamento da laringite

- Em vez de recorrer a medicamentos, o método mais simples e, muitas vezes, mais eficaz, consiste em levar a criança bem agasalhada para a casa de banho, fechar portas e janelas e abrir a torneira de água quente da banheira, para que a criança respire os vapores. Como alternativa, também a pode levar para a cozinha e fazê-la inalar o vapor de uma panela de água a ferver.

- A fim de reduzir o risco de que a crise se repita, é aconselhável que a criança durma apoiada em almofadas, de modo a que a cabeça fique ligeiramente elevada.

- Em alguns casos, o pediatra pode receitar cortisona.

Quando recorrer ao pediatra

Nos casos seguintes deve recorrer ao pediatra:

- Quando o laringospasmo se manifesta após a toma de algum medicamento ou uma picada de inseto.

- Se as dificuldades respiratórias não se resolvem com as inalações de vapor quente.

- O ataque de tosse dura mais de uma hora.

- A criança perde a consciência.

- Tem dificuldade em engolir.

- Respira com dificuldade.

- Tem os lábios azulados.

- Não consegue aguentar a cabeça.

- Parece ter engolido algo.

- A criança ainda não fez um ano.

- Não bebe o necessário.

- A febre é superior a 40ºC.

- O laringospasmo já se manifestou, pelo menos, umas três vezes.

(Também lhe interessa:Dor de garganta na criança)

(Também lhe interessa: Doenças de crianças)




Também lhe interessa

Laringite infantil: síntomas, diagnóstico e tratamento | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro