scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo
Doenças
Doenças

Esquisar doenças por inicial

a b c d e f g h i l m n o p q r s t u v

Diabetes infantil: sintomas e tratamento

facebook twitter whatsapp

Segundo o último estudo, foram detetados 18 novos casos de diabetes tipo 1 por cada 100 000 jovens com idades compreendidas entre os 0 e os 14 anos. Vamos explicar-lhe em que consiste esta doença, como reconhecê-la na criança e quais são os tratamentos mais avançados.

A diabetes infantil (ou diabetes mellitus tipo 1) é uma das doenças crónicas mais frequentes em crianças. Há cerca de 3.262 crianças e jovens em Portugal com diabetes tipo 1. Este tipo de diabetes aparece em crianças cada vez mais novas: segundo os especialistas, a idade de início da doença adiantou-se, hoje em dia, são muitos os casos de crianças com menos de 5 anos que sofrem desta doença.

Em que consiste a diabetes infantil tipo 1?

A doença surge porque o pâncreas não é capaz de produzir uma quantidade suficiente de insulina, a hormona que ajuda o organismo a transformar o açúcar (glicose) dos alimentos em energia. Por consequência, é gerado um aumento do nível de glicose no sangue (hiperglicemia) que, ao não ser tratado de modo adequado, pode provocar graves transtornos a longo prazo, tais como, perda de visão, doenças cardiovasculares, insuficiência renal ou problemas pulmonares, entre outros.

Causas da diabetes infantil

As causas da diabetes não são ainda conhecidas com exatidão. Pensa-se que a criança talvez tenha predisposição genética para desenvolver a diabetes, porém, é uma combinação de fatores que pode determinar o aparecimento da doença: fatores ambientais (infeções por vírus, maus hábitos alimentares, etc.) e fatores imunológicos (alteração das defesas do organismo).

Sintomas da diabetes infantil

Os pais podem suspeitar que o seu filho é diabético se apresentar os seguintes sintomas: a sede aumenta e a criança bebe uma grande quantidade de líquidos; micções frequentes, cansaço, aumento do apetite, perda de peso, visão desfocada e irritabilidade.

Tratamento da diabetes infantil

A única solução para o tratamento desta doença, consiste em tomar insulina através de injeções subcutâneas (sob a pele). Atualmente, existem novos aplicadores, substituem as antigas seringas ou as canetas de insulina, que permitem ter mais controlo e melhor gestão da doença. Este é o caso da bomba de insulina, com ou sem sensor de glicemia, que, através de uma cânula mole, se introduz sob a pele e administra insulina durante 24h por dia. Deste modo, a criança é injetada menos vezes o que aumenta a sua qualidade de vida.

Praticar exercício regularmente, assim como seguir uma alimentação saudável, variada e equilibrada, são medidas que desempenham também um importante papel no controle da diabetes infantil.

(Também lhe interessa: Diabetes na gravidez)

(Também lhe interessa: Doenças em crianças)




Também lhe interessa

Diabetes infantil: sintomas e tratamento | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro