scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo
Doenças
Doenças

Esquisar doenças por inicial

a b c d e f g h i l m n o p q r s t u v

A síndrome de edwards, ou trissomia 18

facebook twitter whatsapp

A síndrome de Edwards, também conhecida como trissomia 18, é uma anomalia genética grave que afeta o desenvolvimento do bebé. Quais são os seus sintomas? Como se diagnostica? Pode-se tratar? Resolvemos todas as suas dúvidas.

A síndrome de Edwards, ou trissomia 18, é uma anomalia genética que afeta o desenvolvimento normal da criança, uma vez que a criança que a sofre tem três cromossoma 18 em vez dos dois normais. Esta síndrome surge uma vez em cada 6.000 nascimentos e é três vezes mais comum em meninas do que em meninos.

Quais são os seus sintomas?

Os sintomas que indiciam a síndrome de Edwards, ou trissomia 18, no bebé são os seguintes:

- Punhos fechados

- Pernas cruzadas

- Planta dos pés abaulada

- Baixo peso ao nascer

- Orelhas de baixa implantação

- Unhas pouco desenvolvidas

- Cabeça e mandíbula pequenas

- Forma invulgar do peito

- Atraso mental

Como é feito o diagnóstico?

A síndrome de Edwards pode ser diagnosticada durante a gravidez, quando, através de um exame, o médico se apercebe de um útero anormalmente grande e líquido amniótico a mais. Por outro lado, também é possível ser diagnosticada à nascença, já que pode acontecer que a placenta seja invulgarmente pequena. O exame físico do recém-nascido pode revelar padrões anormais das impressões digitais e as radiografias podem evidenciar um esterno pequeno. Outros sinais que indicam que o bebé sofre de síndrome de Edwards são: orifício, fenda ou divisão na íris, separação entre o lado esquerdo e o direito do músculo abdominal e hérnia umbilical ou hérnia inguinal. O bebé também pode dar sinais de cardiopatia congénita.

Qual é o tratamento? 

Não existe qualquer tratamento específico para a síndrome de Edwards. O tratamento a aplicar dependerá de cada caso e será determinado pelo pediatra. Convém informar que metade dos bebés que nascem com esta doença não sobrevive à primeira semana de vida, e que 90% das crianças morrem antes de completar um ano de idade, embora algumas crianças tenham conseguido sobreviver até à adolescência, mas com graves problemas de saúde e desenvolvimento.

Os médicos e especialistas recomendam aos pais de crianças com síndrome de Edwards, e que queiram ter mais filhos, que façam exames genéticos como medida de prevenção.

(Também lhe interessa: Doenças nos bebés) 

………………




Também lhe interessa

A síndrome de edwards, ou trissomia 18 | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro