scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo

Primeiros passos: ajude-o a andar

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

  Os primeiros passos do bebé representam uma meta importante. Explicamos-lhe como pode ajudar o seu filho para que comece a andar.

Por volta dos 12-14 meses, a maioria das crianças começa a andar. Nesta idade começará a notar que o seu filho tenta levantar-se. Uma vez chegado este momento ele irá precisar da sua ajuda para conseguir dar os seus primeiros passos.

No princípio, ajude-o pegando-lhe na mãozinha. Mais tarde, verá como ele começa a andar apoiando-se nas paredes e nos móveis. É assim que a criança enfrenta as suas primeiras deslocações sem ajuda, cada vez mais segura e decidida.

Nesta altura é muito importante que a sua casa esteja preparada com tudo aquilo que necessita para garantir a segurança do seu filho: escadas com proteção, protuberâncias e cantos protegidos, chão limpo e sem brinquedos nos quais possa tropeçar e, resumindo, tudo aquilo que possa dificultar a sua atividade ou ser perigoso para a criança.

Verá que os seus primeiros passos são incertos e têm pouca força. É normal, a criança está a fortalecer as pernas e a habituar-se a esta nova posição com a qual vai descobrir o mundo. Também verá que cai facilmente; não se preocupe, é completamente normal. Deve preocupar-se, sim, com o seu calçado, que deve ser adequado para os primeiros passos e ter a biqueira reforçada de modo a proteger os seus dedinhos.

Alguns bebés sentem-se mais confortáveis ao gatinhar do que ao andar, como tal, é natural que ao sentir-se inseguro se ponha de gatas para poder chegar até onde pretende. Não o force, com o tempo ele irá encontrar estímulos suficientes para se pôr de pé, ou simplesmente quererá imitar o pai e a mãe e comprovar se pode chegar mais rapidamente aos sítios.

Neste artigo explicamos-lhe como deve agir e de que modo pode ajudar o seu filho quando ele começar a andar.




Não forçar

Incentive-o a andar sozinho mas sem o forçar. Evite pegar-lhe sempre na mão: é muito melhor para a sua futura autonomia que a conquista dos primeiros passos seja totalmente sua.

 

1

Não forçar

Incentive-o a andar sozinho mas sem o forçar. Evite pegar-lhe sempre na mão: é muito melhor para a sua futura autonomia que a conquista dos primeiros passos seja totalmente sua.

 

Dar-lhe prémios

Pode dar-lhe um prémio de cada vez que ele faz progressos, assim também ele entenderá que está a melhorar. Faça-lhe uma festa, um mimo, sorria-lhe e faça-o entender que rapidamente irá alcançar o seu objetivo.

 

2

Dar-lhe prémios

Pode dar-lhe um prémio de cada vez que ele faz progressos, assim também ele entenderá que está a melhorar. Faça-lhe uma festa, um mimo, sorria-lhe e faça-o entender que rapidamente irá alcançar o seu objetivo.

 

Sem medo!

Deixe que ele se familiarize com esta nova habilidade sem o apressar e sem mostrar preocupação: andar é um ato natural e é conveniente que a criança tenha a possibilidade de o iniciar sem se sentir pressionada com um excesso de expetativas ou medos.

 

3

Sem medo!

Deixe que ele se familiarize com esta nova habilidade sem o apressar e sem mostrar preocupação: andar é um ato natural e é conveniente que a criança tenha a possibilidade de o iniciar sem se sentir pressionada com um excesso de expetativas ou medos.

 

O mais importante é que se volte a levantar

E se cair? Quando cai, algo extremamente frequente quando começamos a dar os primeiros passos, não se mostre assustada (ou ele também se irá assustar). Sorria-lhe e incentive-o a levantar-se do chão. Se não conseguir levantar-se sozinho, depois de algumas tentativas, ajude-o.

 

5

O mais importante é que se volte a levantar

E se cair? Quando cai, algo extremamente frequente quando começamos a dar os primeiros passos, não se mostre assustada (ou ele também se irá assustar). Sorria-lhe e incentive-o a levantar-se do chão. Se não conseguir levantar-se sozinho, depois de algumas tentativas, ajude-o.

 

Prepare a casa para os seus primeiros passos

Organize a casa de modo a convertê-la num lugar seguro. Ponha todos os objetos perigosos e de valor fora do alcance da criança. O espaço de tempo entre o início dos passos e o alcançar do objeto desejado costuma ser extremamente curto...

 

6

Prepare a casa para os seus primeiros passos

Organize a casa de modo a convertê-la num lugar seguro. Ponha todos os objetos perigosos e de valor fora do alcance da criança. O espaço de tempo entre o início dos passos e o alcançar do objeto desejado costuma ser extremamente curto...

 

Ofereça-lhe um suporte

Durante as primeiras tentativas de andar sozinho, dê-lhe a possibilidade de se poder apoiar num sofá, uma mesinha ou uma cadeira, de preferência de plástico. Os brinquedos com rodas (um camião ou um carrinho de mão) também são adequados para esta fase.

 

7

Ofereça-lhe um suporte

Durante as primeiras tentativas de andar sozinho, dê-lhe a possibilidade de se poder apoiar num sofá, uma mesinha ou uma cadeira, de preferência de plástico. Os brinquedos com rodas (um camião ou um carrinho de mão) também são adequados para esta fase.

 

Foto 1 de 6
1
2
3
5
6
7

Também lhe interessa

Primeiros passos: ajude-o a andar Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro