Mi bebé y yo

Primeiro trimestre de gravidez: os exames médicos

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Qual o tipo de exames médicos que terá de fazer durante o primeiro trimestre de gravidez, além da primeira ecografia das 12 semanas? Damos-lhe, em pormenor, todos os exames pelos quais terá de passar. Tudo o que deverá saber!

No início da gestação, durante o primeiro trimestre de gravidez, se possível antes das 13 semanas e, sempre, na primeira consulta ginecológica, os exames previstos são: análises completas, grupo sanguíneo e fator Rh, anticorpos do vírus da rubéola, anticorpos da toxoplasmose (se a mamã não for imune, esta análise deve repetir-se uma vez por trimestre), VIH 1-2 (SIDA), sífilis, hepatite B e C. No caso de a mulher pertencer a um grupo sanguíneo com Rh negativo, também se deve realizar o teste de Coombs (em cada trimestre). Ainda assim, durante o primeiro trimestre de gravidez estão previstos outros exames de que lhe vamos falar em seguida.

Os exames do primeiro trimestre de gravidez

Transaminases (GOT e GPT).

  • Avaliando a concentração destas enzimas no sangue podem obter-se indicações acerca do funcionamento do fígado.

Creatinina e ureia

  • O aumento da creatinina pode indicar um deficiente funcionamento dos rins, embora não seja frequente que se manifeste pela primeira vez durante a gravidez. Ainda assim, se os valores da ureia estiverem alterados, podem indicar a presença de desidratação ou de uma doença de rins.

Colesterol e triglicéridos

  • Os níveis de colesterol e triglicéridos aumentam consideravelmente durante a gravidez, pelo que se verificam de forma especial em cada trimestre, começando no primeiro trimestre de gravidez.

Hormonas tiroideias (T3, T4 e TH)

  • Esta análise realiza-se para prevenir o hipotiroidismo congénito, um transtorno provocado pela falta de iodo durante a gravidez.

(Também lhe interessa: Hipertiroidismo / hipotiroidismo na gravidez)

Ácido úrico

  • Realiza-se para detetar um transtorno no metabolismo. Se o índice de ácido úrico for elevado, prescreve-se uma dieta especial para a mamã.

Glucose

  • Esta análise mede a quantidade de açúcar no sangue. Mesmo que os valores sejam normais, deve realizar-se no mínimo 2 a 3 vezes no transcorrer da gravidez. Um valor persistentemente superior ao limite fundamenta uma séria suspeita da presença de diabetes, o que pode requerer um controlo mais específico.

Screening pré-natal: rastreio bioquímico

  • Consiste em analisar as enzimas do feto (Gonadotrofina coriónica humana, proteína A plasmática e a alfafetoproteína) presentes no sangue materno com o fim de avaliar o risco que o feto tem de padecer de alguma anomalia cromossómica. Não obstante, os resultados destas análises que têm lugar no primeiro trimestre de gravidez não são determinantes, devendo ser avaliados juntamente com os resultados da ecografia da 12ª semana onde o ginecologista mede a translucência da nuca, entre outros dados. Se o valor de risco for de 1 em 250 ou maior é aconselhada uma amniocentese.

Por fim, neste primeiro trimestre de gravidez devem realizar-se análises de urina, a ecográfica correspondente e o controlo de peso e da tensão arterial.

 

Também lhe interessa

Primeiro trimestre de gravidez: os exames médicos | O meu bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (2)

Gostei muito do artigo por conter tanta informacao.Muito util.
Eu tenho 45 anos e gostaria de saber até quando posso fazer o exame amniocentesi ou a biopsia a placenta