Mi bebé y yo

Doação de óvulos: quais são os requisitos para doar óvulos?

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Alguma vez se questionou acerca da doação de óvulos? Milhares de mulheres que desejam ser mães desejam receber óvulos. Como as pode ajudar doando os seus óvulos? Através da doação. Explicamos-lhe em que consiste e quais os requisitos para ser doadora.

Milhares de mulheres em todo o mundo desejam ser mães mas não o podem conseguir sem a doação de óvulos. Necessitam de receber óvulos de doadoras que lhes permitam cumprir o seu sonho de serem mães. É possível que alguma vez se tenha perguntado porque não fazer este ato solidário, voluntário e altruísta. De facto, são muitas as mulheres jovens que desejam ajudar outras pacientes a serem mães. Como o pode fazer?

Nem todas as mulheres que querem ser doadoras estão aptas. Devem cumprir os seguintes requisitos:

Requisitos para ser candidata à doação de óvulos

  • Ter entre 18 e 34 anos.
  • Ser saudável e não ter nenhuma doença de transmissão sexual ou hereditária.
  • Ter uma ovulação normal.
  • A doadora não pode ser adotada, pois é imprescindível conhecer o historial médico dos seus familiares próximos.
  • Não ter dado à luz mais de seis filhos.

Tendo em conta o sacrifício que supõe a doação de óvulos, a lei estabelece uma compensação económica. Garante-se também que as mulheres doadoras estarão sempre nas mãos de médicos especializados em medicina reprodutiva, psicólogos e pessoal auxiliar dispostos a fazer-lhes um ótimo acompanhamento.

Através da doação de óvulos está a ajudar a:

  • Mulheres cujos ovários não funcionam devido à idade ou por alguma doença que lhes afetou os ovários.
  • Mulheres com doenças genéticas que transmitirão à sua descendência.
  • Mulheres que não respondem à medicação ou, se conseguem, os seus óvulos não têm qualidade suficiente para conceber.

Perguntas frequentes sobre a doação de óvulos

Vou poder ter filhos se doar óvulos?

Sim. Doar óvulos não significa que se esgotem ou se acelere a perda dos óvulos. Uma mulher nasce com uma carga de entre 500.000 e 1.000.000 de óvulos. Desde o nascimento que se vão perdendo óvulos, que morrem com o passar do tempo e com as menstruações. Em cada ciclo normal começam a crescer vários óvulos, mas no final apenas um alcançará o crescimento suficiente para chegar a ovular.

Quantas vezes posso doar óvulos?

O número de ciclos que se podem fazer depende de variados fatores.

Quais os riscos que existem?

Praticamente nenhum. O processo é geralmente bem tolerado e apenas excecionalmente comporta algum risco, como a síndroma de hiperestimulação ovárica, que consiste numa resposta exagerada ao tratamento. Outros riscos também descritos, como a infeção, o hemoperitoneu, ou a torsão ovárica, ocorrem de maneira excecional.

Em que consiste o tratamento?

O objetivo é conseguir que os ovários produzam mais óvulos, e esses óvulos de mais, para os poder dar às mulheres que dele necessitam. Para o conseguir, é necessário administrar uma medicação de 10-12 dias.

Posso conhecer a identidade das crianças nascidas por Reprodução Assistida?

Não. O anonimato é total. A lei proíbe expressamente de revelar a identidade dos bebés nascidos por estas técnicas. Portanto, nem as doadoras podem conhecer as crianças nem estas as doadoras.

 

Também lhe interessa

Doação de óvulos: quais são os requisitos? | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)