scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo
Doenças
Doenças

Esquisar doenças por inicial

a b c d e f g h i l m n o p q r s t u v

Piolhos e lêndeas: como eliminá-los

facebook twitter whatsapp

A pediculose, ou infestação de piolhos e lêndeas, é um dos problemas mais receados, principalmente se a criança já anda na escola. Como saber se a criança tem piolhos? Como se pode evitar o contágio? Quais são os tratamentos mais eficazes?

A infestação de piolhos, chamada pediculose, afeta todas as classes sociais e produz-se regularmente nos infantários e nas escolas. Os piolhos passam diretamente de uma cabeça a outra ou indiretamente quando as crianças infestadas partilham pentes, gorros, toalhas, etc. A infestação não é, portanto, uma consequência de maus hábitos de higiene.

O que são os piolhos?

São insetos minúsculos de cor cinzenta-esbranquiçada, que vivem aglomerados nos cabelos, especialmente na zona da nuca e por detrás das orelhas. Nestas zonas, perfuram a pele, sugando o sangue do couro cabeludo e depositando um líquido que provoca prurido. Todos os dias, as fêmeas depositam um grupo de ovos minúsculos envolvidos numa película acinzentada, chamados lêndeas.

Como se manifesta a pediculose?

A infestação provoca um prurido intenso. Ao olhar atentamente os cabelos da criança, podem ver-se junto ao couro cabeludo, especialmente na zona da nuca e por detrás das orelhas, uns pontinhos brancos ou de cor castanha clara, de forma alongada, transparentes ou mais exatamente translúcidos, pequenos como a cabeça de um alfinete: são as lêndeas. Não devem ser confundidas com caspa ou com as escamas amareladas produzidas pela seborreia que, ao contrário das lêndeas, muito mais agarradas ao cabelo, podem eliminar-se facilmente.

Como eliminar os piolhos?

Em primeiro lugar, o cabelo da criança deve ser mantido curto e os responsáveis da escola devem ser avisados, para que possam tomar as medidas necessárias e limitar a sua difusão. Se os tratamentos forem escrupulosamente seguidos, a pediculose é eliminada, ainda que o problema não esteja definitivamente resolvido, pois sempre é possível que se produza uma nova infestação.

- Na cabeça da criança devem ser aplicados os produtos específicos, vendidos em farmácias, e seguindo rigorosamente as instruções de uso.

- Depois é necessário lavar o cabelo com um champô específico e enxaguar com água quente.

- Manualmente ou com um pente de dentes muito finos e unidos, as lêndeas que permanecem no cabelo, são eliminadas madeixa por madeixa, prestando atenção à raiz onde normalmente se concentram.

- O tratamento deve ser repetido após cerca de 8 dias.

- Os lençóis, roupa, toalhas, objetos pessoais e bonecos de tecido, devem ser lavados com água quente ou, melhor ainda, a seco. Depois, deixe toda a roupa ao ar livre durante pelo menos 48 horas. Longe do couro cabeludo, os piolhos não conseguem sobreviver.

- Se as indicações para eliminar os piolhos forem rigorosamente cumpridas, a criança poderá voltar à escola na manhã seguinte à realização do primeiro tratamento.

Como evitar o contágio de piolhos

Pode ser útil adotar alguns comportamentos:

- Não emprestar ou partilhar objetos pessoais como: pentes, escovas, chapéus, ornamentos para o cabelo, toalhas, etc.

- Não amontoar os chapéus das crianças uns em cima dos outros. Na escola, cada aluno deveria ter um cacifo pessoal.

- Controlar os cabelos da criança uma vez por semana, principalmente durante o período entre agosto e novembro e com especial atenção às zonas da nuca e detrás das orelhas, para se certificar que não há lêndeas.

- Depois do champô, enxaguar o cabelo da criança com água onde dissolveu umas gotas de vinagre ou misturar umas gotas de óleo essencial de árvore do chá, que ajudam a manter afastada a praga dos piolhos.

(Também lhe interessa: Doenças nas crianças)




Também lhe interessa

Piolhos e lêndeas: como eliminá-los | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro