scorecardresearch
Siga-nos
Mi bebé y yo
Doenças
Doenças

Esquisar doenças por inicial

a b c d e f g h i l m n o p q r s t u v

Favismo: o que é esta anomalia hereditária?

facebook twitter whatsapp

O favismo é uma anomalia hereditária bastante comum nos países da Bacia do Mediterrâneo. Explicaremos em que consiste, quais são as suas causas e quando se torna necessário consultar o pediatra.

 

O favismo é uma anomalia hereditária, que afeta o sangue. A criança que padece a doença não dispõe de uma enzima chamada Glicose-6-fosfato desidrogenase (G6PD), cuja função é a de proteger os glóbulos vermelhos dos danos que algumas substâncias possam provocar, como é o caso de alguns medicamentos, a febre alta ou, principalmente, as favas.

(Também lhe interessa: Como baixar a febre do bebé)

Sintomas do favismo

Quando a pessoa que tem esta doença come favas, ou simplesmente inala o pólen desta planta, os seus glóbulos vermelhos são destruídos. É então que a criança desenvolve uma anemia, que, nos casos mais graves, pode eliminar 50% dos seus glóbulos vermelhos, tornando necessária uma transfusão de sangue.

Se a pessoa com favismo não entra em contacto com esta planta, não sofre nenhum problema e não manifesta qualquer sintoma.

Pelo contrário, se isto sucede, pode apresentar palidez, cansaço e aceleramento do ritmo cardíaco. A urina pode tingir-se de cor-de-rosa ou adotar uma cor escura e, inclusive, a pessoa pode perder a consciência. Outros possíveis sintomas são: a febre, a dor lombar e no caso dos mais pequenos o lloro inconsolável.

Infelizmente, estas reações são mais agressivas nas crianças do que nos adultos.

Causas do favismo

As causas do favismo não são claras e é igualmente misterioso o mecanismo que provoca o seu aparecimento na idade adulta, mesmo em pessoas que não a tenha sofrido nunca. Certamente, a consanguinidade tem um papel determinante: na maioria dos casos, o favismo passa de mãe para filhos de sexo masculino.

Quando consultar o pediatra

É importante informar o pediatra se na sua família existem casos de favismo. A consulta ao pediatra também pode ser necessária nos seguintes casos:

- Os sintomas aparecem associados a doenças infeciosas, como febre ou pneumonia, por exemplo.

- Após comer favas ou tomar determinados medicamentos ou, ainda, durante uma doença infeciosa. Nestes casos podem manifestar-se sintomas de anemia.

(Também lhe interessa: Febre nas crianças)

Quais as precauções que devem ser tomadas?

- A verdadeira precaução é a de que a criança não se aproxime de favas nem tome os fármacos responsáveis pelas possíveis crises de anemia.

- De resto, o desmame pode ser feito de modo normal, sempre acompanhado pelo pediatra.

- Em relação a vacinas, não existe nenhuma contraindicação na vacinação da criança.

(Também lhe interessa: Doenças nas crianças)

 




Também lhe interessa

Favismo: o que é esta anomalia hereditária? | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)

Registro