Mi bebé y yo

O que são os pais tóxicos?

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

A partir do momento em que têm o seu filho nos braços, imaginamos os pais como adultos que amam o seu bebé e que querem que ele cresça forte e saudável. No entanto, há pais que cometem erros que podem afetar emocionalmente os seus filhos. São os chamados pais tóxicos.

É certamente difícil de acreditar, mas há pais que, embora tendo as melhores intenções, cometem erros que podem provocar problemas emocionais relevantes nos seus filhos, e que se podem chegar a transformar em pais tóxicos.

Estes danos emocionais e mentais, que podem afetar gravemente o desenvolvimento das crianças, podem ser devidos a diferentes comportamentos erróneos dos pais, como o maltrato ou a manipulação do filho, desde a infância até à idade adulta.

(Também lhe interessa: A educação com respeito)

Características dos pais tóxicos

Os pais tóxicos usam os seus filhos para projetar os seus problemas, sobrepõem os seus interesses aos dos filhos e não se preocupam com a sua educação. Utilizam a crítica de forma destrutiva, humilhando o filho diante de terceiros. Também são manipuladores, chegando a mentir para conseguir que os seus filhos façam o que eles pretendem.

Estes pais agridem os filhos, tanto física como psicologicamente, utilizando castigos indiscriminadamente e dizendo-lhes que não valem nada. Usam a chantagem afetiva, criando uma dependência emocional, quer com excesso de carinho, quer o contrário (são os conhecidos pais ausentes).

Os pais tóxicos pedem aos seus filhos mais do que podem dar, são autoritários, competem com os filhos, põem-nos em evidência com piadas pesadas, e apresentam-se perante os demais como vítimas dos seus filhos, assegurando que eles são rebeldes, desobedientes, insuportáveis ou que maltratam os pais.

(Também lhe interessa: A educação com respeito)

Pais tóxicos: Consequências e soluções

Os pais tóxicos conseguem amedrontar os seus filhos, fazendo com que tenham problemas de autoestima. Estas crianças têm muitos medos, sentem-se frustradas e têm graves problemas de conduta. Quando crescem, podem ser pessoas inseguras, submissas, com problemas emocionais, com sentimentos de culpa e incapazes de se comprometer ou, pelo contrário, repetem com os seus filhos o que viveram durante a sua infância.

Para acabar com esta situação, os filhos devem enfrentar os pais tóxicos com a perspetiva dos adultos que falam, explicando-lhes claramente o que está mal na sua relação, perguntando-lhes qual o motivo desta atitude e se existe alguma forma de solucionar os problemas. Para tal, no entanto, tem de se esperar que as crianças sejam maiores. Se os pais não reconhecerem o problema, é necessário limitar o seu contacto, abandonando por um tempo este laço sentimental tão desestruturante.

Não é preciso ser o pai perfeito, mas sim é necessário dar o carinho, a segurança e os valores que as crianças necessitam.

Conhece algum caso de pais tóxicos? Fale-nos disso!

Também lhe interessa

O que são os pais tóxicos? | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)