Mi bebé y yo

Truques e técnicas para aprender a escrever

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Entre os 3 e os 5 anos, as crianças começam a desenvolver a habilidade da escrita, a qual lhes permitirá comunicar e expressar os seus sentimentos e emoções. Para facilitar esta aprendizagem, vamos dizer-lhe alguns truques que vão ajudar a criança a ganhar destreza para começar a escrever.

Ao longo da história foi havendo certas invenções e descobertas que ajudaram o Homem a progredir e a desenvolver as suas capacidades físicas e psicológicas. Uma delas foi a escrita, uma invenção que ajudou, principalmente, a difundir a história do ser humano.

Aprender a escrever, portanto, ajudou a humanidade a desenvolver-se, a oferecer um meio de comunicação com o qual pôde partilhar experiências, descobertas, emoções, etc. Por isso, apesar de todos os avanços tecnológicos nos convidarem cada vez mais a comunicarmos através de outros meios audiovisuais, escrever e ler continuam a ser duas atividades básicas na aprendizagem do ser humano.

(Também lhe interessa: Desenhos de animais: cartões para colorir)

A aprendizagem da escrita

A escrita e a leitura aprendem-se, normalmente, durante o período escolar. Não obstante, anteriormente a esta etapa, na fase pré-escolar, entre os 3 e os 5 anos, vai-se ensinando a criança a dominar e a controlar o seu corpo, condutas que lhes vão permitir ganhar destreza manual para começar a escrever.

Por isso, durante estes anos, é aconselhável que a criança comece a praticar jogos e exercícios de pré-escrita para que aprenda a usar a sua mão.

(Também lhe interessa: Letras para pintar: imprima os 10 cartões!)

Truques de pré-escrita infantil

Para ajudar a criança a aprender a escrever, deve começar-se por lhe ensinar a grafomotricidade, que é o movimento gráfico que realizamos com a mão ao escrever. Para dominar esta técnica, antes a criança tem de ter desenvolvido a sua capacidade de controlar os movimentos, especialmente das mãos e dos braços coordenados com a vista, para que possa chegar a expressar-se através dos signos escritos.

Tendo por objetivo motivar a sua aprendizagem, também há que oferecer ao pequeno um ambiente propício para se iniciar na escrita. Por isso, o ambiente deve ser silencioso ou com música que ative a sua concentração e o convite a realizar traços curtos e intermitentes ou compridos e ondulantes consoante o ritmo desta.

Além disso, deve ter-se consciência de que cada criança tem o seu ritmo e pressioná-la não vai ser uma grande ajuda, pelo que a paciência será uma grande ajuda nesta etapa.

(Também lhe interessa: Disfasia infantil)

Por outro lado, antes de lhe ensinar diretamente a escrever com um lápis, é recomendável que o pequeno comece a desenvolver esta habilidade sensorialmente: escrevendo com um dedo no ar, em superfícies suaves como a areia ou a plasticina ou até usando tinta de dedos.

Uma vez que se tenha familiarizado com esta habilidade, pode começar-se a trabalhar com lápis de cor e lápis de cera, com os quais irá aprendendo a fazer traços no papel e a tomar a postura adequada para o uso deste instrumento. Para tal, os cadernos para pintar, colorir e desenhar as suas primeiras letras são de muita utilidade.

Quando se tiver acostumado, pode indicar-lhe que desenhe traços verticais, horizontais, em ziguezague, etc. Para realizar essas atividades, o pequeno pode auxiliar-se de fichas que lhe oferecem atividades, como passatempos com labirintos, unir os pontos para criar desenhos e letras, etc.

Gostou destas ideias para ensinar o seu filho a escrever? Conhece outros truques para ajudar o seu filho a aprender a escrever? Partilhe-os connosco!

Também lhe interessa

Truques e técnicas para aprender a escrever | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)