Mi bebé y yo

Crianças com altas habilidades

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

Segundo as estatísticas, cerca de 2% da população é sobredotada, enquanto entre 15 e 18% tem altas habilidades. Tal supõe que, em Portugal, vivam cerca de 200 000 pessoas sobredotadas, se tivermos em conta todas as franjas de idade.

Apesar de ser uma medida cada vez menos utilizada para medir o nível de inteligência das pessoas, a Organização Mundial de Saúde define como uma pessoa sobredotada aquela que tenha um QI acima de 130. Mas será que se podem aplicar estas medidas às crianças?

Devemos pensar que todas as crianças têm as suas virtudes e pontos fortes, algo que as torna únicas e especiais. Mas algumas crianças têm certas habilidades que exigem alguns ajustes, tanto em casa como na escola, para as ajudar a aprender e a crescer. Neste caso, considera-se que as crianças com altas habilidades aprendem de uma forma muito diferente das outras.

(Também lhe interessa: Benefícios da pintura para crianças)

Crianças com altas habilidades: quem são?

Entre as características comuns às crianças com altas habilidades estão o seu estado de alerta fora do normal, logo desde a infância aprendem rápido e são capazes de relacionar ideias rapidamente, têm boa memória e são capazes de reter muita informação, o seu vocabulário e forma de falar são fora do comum para a sua idade e têm uma compreensão avançada das palavras, metáforas e ideias abstratas.

Outros sintomas das crianças com altas habilidades são que gostam de resolver adivinhas, são geralmente autodidatas, leem e escrevem desde a idade pré-escolar, são muito sensíveis, mostram uma grande preocupação pelos temas sociais, políticos e pelas injustiças, são persistentes nas tarefas e a sua concentração é intensa, bem como impacientes consigo mesmas e com os outros, ou fazem perguntas mais além daquilo que lhes ensinam.

Também têm um leque de interesses muito amplo, ou se focam numa só coisa mas com um interesse extremo, tendem a relacionar as coisas e as ideias de formas não muito habituais devido ao seu pensamento divergente, a sua curiosidade é muito desenvolvida, mostram muito interesse por experimentar e têm um sentido de humor fino e raro, especialmente com jogos de palavras.

 

O que fazer se observamos sintomas de crianças com altas habilidades

Perante a suspeita que um filho é sobredotado, ou tem altas habilidades, a primeira coisa a fazer é consultar um psicólogo especializado na sua deteção e intervenção, ou contactar uma das associações de altas habilidades na comunidade a que pertença.

Se se confirma que a criança tem altas habilidades, o segundo passo a dar é comunicá-lo à escola para que validem o diagnóstico através dos serviços educativos.

Os pais das crianças com altas habilidades devem informar-se para poder aproximar-se da realidade da criança e ajudá-la. Devem aceitar o seu filho tal como é, de modo a empatizar com ele e apoiá-lo emocionalmente.

 

Também lhe interessa

Crianças com altas habilidades | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)