Mi bebé y yo

Problemas para engravidar do segundo filho?

( 0 votos) load
facebook twitter whatsapp

A infertilidade secundária acontece quando a mulher já teve o seu primeiro filho e não consegue engravidar do segundo se se mantiveram relações durante mais de um ano sem proteção. Explicamos-lhe o que a causa e quais os tratamentos.

Quando têm o primeiro filho, alguns casais têm claro que querem ter outro bebé em breve. Ou passa algum tempo, o suficiente para desfrutar do primeiro filho, e decidem ter um segundo bebé. Não obstante, há casais que não conseguem uma segunda gravidez com a mesma facilidade do primogénito e que sofrem de infertilidade secundária.

(Também lhe interessa: Problemas em engravidar: anomalias do aparelho genital feminino)

O que é a infertilidade secundária?

Se um casal que já teve um bebé está a tentar ter o segundo filho há mais de um ano, é possível que sofra daquilo que se conhece como infertilidade secundária. Ou seja, há problemas que impedem que esta segunda gravidez se desenvolva com êxito, embora não tenha havido nenhum problema com o seu primeiro filho.

Trata-se de uma situação muito delicada, os papás não costumam entender porque é que para o seu primeiro bebé não houve nenhum problema e agora, que estão a tentar o segundo, há. Psicologicamente, é um golpe duro que tende a provocar culpa e ansiedade.

Mas o que causa a infertilidade secundária?

Na maioria dos casos nos quais acontece este problema, a causa costuma residir em alguma patologia da mulher. Pode ser que, desde que tenha dado à luz, se tenham produzido alterações na ovulação, endometriose, lesões pélvicas ou uterinas, desajustes hormonais, doenças pós-parto como a diabetes ou a nível da tiroide, etc.

(Também lhe interessa: Endometriose e gravidez: sintomas, causas e diagnóstico)

Na infertilidade secundária também influi, em larga escala, a idade da mulher, se fuma ou se bebe álcool ou se tem excesso de peso.

Psicologicamente, também não ajuda, especialmente a mamã, a pressão de querer ter uma gravidez rapidamente e a preocupação de saber pelo que está a passar.

(Também lhe interessa: Dificuldade para ficar grávida: causas)

Tratamento para a infertilidade secundária

Se se padece de uma infertilidade secundária, o tratamento a seguir é idêntico a se se tratasse de uma primeira gravidez. Ou seja, tanto a mamã como o papá se devem submeter a diferentes exames para determinar a origem exata do problema. Uma vez detetada, deverão tratá-la e consultar uma clínica de fertilidade de confiança.

Para considerar que se trata de uma infertilidade secundária, o casal deve ter mantido durante, pelo menos, um ano, relações sexuais sem proteção. Só a partir desse momento é aconselhável consultar um especialista.

(Também lhe interessa: Fecundação in vitro: as 10 perguntas mais frequentes)

Também lhe interessa

Problemas para engravidar do segundo filho? | O Meu Bebé Qual é a sua opinião?

Tem que se registrar para poder escrever um comentáro ou votar. Pode registrar-se aqui ou, se já tem conta, pode entrar.
ACEDER Á SUA CONTA
Memorizar-me
Entrar
REGISTAR-ME
JUNTE-SE À COMUNIDADE O MEU BEBÉ
REGISTE-SE GRÁTIS

Comentários (0)